EnglishPortugueseSpanish

Tudo entupido: Usinas atômicas na Coréia do Sul foram desligadas por causa da invasão de animais no sistema de resfriamento

Redação 8 de abril de 2021

Um grupo grande de salpas marinhas, um pequeno animal gelatinoso e muito parecido com as águas vivas se tornou um pesadelo na Coreia do Sul. Os bichinhos de cerca de 10cm de altura conseguiram obstruir totalmente o sistema de resfriamento e causar o desligamento de dois reatores nucleares.

Os organismos entupiram pelo menos duas vezes o sistema que mantém o funcionamento dos reatores Hanul 1 e 2, da operadora Korea Hydro & Nuclear Power.

publicidade

Em uma delas, no final de março, os equipamentos, que, juntos, geram 950 megawatts, chegaram a ficar fora do ar por uma semana.

As salpas marinhas são capazes de formar cadeias imensas, que podem ser encontradas vagando pelo oceano.

Alguns pesquisadores sugerem que as salpas marinhas se espalharam significativamente pelo mundo por conta das mudanças climáticas. Como os oceanos estão ficando mais quentes, isso torna o ambiente perfeito para a reprodução e alimentação desses animais.

Por conta disso, é possível que paralisações por essa razão se tornem cada vez mais frequentes.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!