Em entrevista ao The Hollywood Reporter (THR), Daniel Brühl afirmou que Barão Zemo, seu personagem no Universo Cinematográfico Marvel (MCU), não é confiável e que o público “nunca” deveria dar uma chance a ele, por mais que ele pareça simpático. O personagem é uma das estrelas de ‘Falcão e o Soldado Invernal‘, nova série dos estúdio exclusiva do Disney+.

“Não, nunca [confiem em Zemo]. É difícil ler o que ele está fazendo, essa ambiguidade … é sempre divertida. Então, sim, você não deve realmente confiar nele. Mas acho que ficou claro que ele não é um supervilão malvado; há mais sobre ele do que já sabemos de [Capitão América: Guerra Civil]. Então, eu entendo se as pessoas sentirem empatia por Zemo, e eu entenderia se todos se juntassem ao Team Zemo até o final do show”, disse o ator.

publicidade
Daniel Brühl como Helmut Zemo em 'Falcão e o Soldado Invernal' (2021). Imagem: Marvel Studios/Divulgação
Daniel Brühl como Helmut Zemo em ‘Falcão e o Soldado Invernal’ (2021). Imagem: Marvel Studios/Divulgação

Brühl também refletiu sobre sua poderosa cena com o falecido Chadwick Boseman em ‘Capitão América: Guerra Civil’ e o quão o ator fará falta como Pantera Negra e à Hollywood em geral.

“Fiquei surpreso com o quão incrivelmente tocado fiquei”, lembra. “Eu só tive uma cena com ele, mas aquele dia realmente deixou uma forte impressão em mim porque fiquei encantado com o talento, aura e personalidade desse homem. [Chadwick] era ousado, corajoso, carismático e intenso. Sua atuação foi absolutamente fascinante. Portanto, é uma grande perda, não apenas para o MCU, mas para toda a indústria cinematográfica. Ele era hipnotizante. Ele foi maravilhoso. Então é muito triste”.

Ainda segundo Brühl, ao ser chamado para ser Helmut Zemo em ‘Guerra Civil’, ele desenvolveu o personagem com os quadrinhos em mente até que o chefe da Marvel Studios, Kevin Feige, o informou sobre a versão reinventada. Ao repetir seu papel em ‘Falcão e o Soldado Invernal’, então, ele não ficou muito surpreso com a história do personagem e a ênfase em sua família aristocrática e imensa riqueza.

Leia mais:

“Quando recebi o script, poderia dizer que eles [a produção] tinham algo novo em mente. Então isso me deu a oportunidade de explorar outra coisa com o personagem, e não havia o perigo de fazer a mesma coisa de novo e me repetir”, apontou Brühl, que também diz que o novo senso de humor do personagem o “atraiu” para retornar à Marvel.

Daniel Brühl, o queixo de Sebastian Stan e a “famosa dancinha”

Daniel Brühl, Sebastian Stan e Anthony Mackie em cena de 'Falcão e o Soldado Invernal'. Imagem: Chuck Zlotnick/ Marvel Studios/Disney+
Daniel Brühl, Sebastian Stan e Anthony Mackie em cena de ‘Falcão e o Soldado Invernal’. Imagem: Chuck Zlotnick/ Marvel Studios/Disney+

Questionado pelo THR sobre o momento em que Zemo brinca com a covinha do queixo do Soldado Invernal (Sebastian Stan), Brühl revela que esse detalhe foi totalmente improvisado e que ficou “surpreso” ao ver que o momento entrou para o corte final do episódio.

“Isso foi improvisado. [Risos] E eu sabia o quanto Sebastian estava sofrendo [para não dar risadas]. Houve algumas tomadas em que ele não conseguiu lidar com isso”, comenta.

Outro momento de Barão Zemo que se tornou icônico (e meme) para os fãs foi a “dancinha” do personagem no terceiro episódio. O ator brinca ao dizer que ficou muito feliz que eles mantiveram “o gingado” e orgulhoso por ter caído na graça do público. A Marvel, inclusive, divulgou a cena completa da dancinha do vilão – com direito a um loop de uma hora no Youtube.

“Existem alguns momentos em que você não tem certeza se eles [a Marvel] realmente vão manter no corte final, mas eles fizeram. E isso é algo que gosto muito em trabalhar com a Marvel em geral. Eles criam esta atmosfera de frouxidão, destemor e alegria. É assim que deve ser. De qualquer forma, em produções como essas, às vezes fico realmente impressionado porque há muita pressão – e deve haver. É um projeto tão gigantesco, e você fica quase surpreso ao ver como o tom e a vibração são leves, aconchegantes e acolhedores no set. E isso permite que você experimente as coisas e não seja reprimido. Então você vai para algumas escolhas funky como dançar ou o queixo. É bom que isso seja aceito e adotado”, conclui Brühl.

Como ‘WandaVision’, ‘Falcão e o Soldado Invernal’ se passa após os eventos de ‘Vingadores: Ultimato’, mas com foco nos personagens Sam Wilson (Anthony Mackie) e Bucky Barnes (Sebastian Stan), que são forçados a se unirem contra a organização maligna “Os Apátridas” e, claro, o retorno do Barão Zemo (Daniel Brühl). A série está no seu quarto episódio e é exclusiva da plataforma de streaming Disney+.

Fonte: The Hollywood Reporter

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!