A atriz Renée Elise Goldsberry deve se unir ao elenco da série ‘Mulher-Hulk’, a ser produzida pela Marvel Studios e exibida na plataforma de streaming Disney+. A informação veio por fontes do site Deadline, que afirmaram que a atriz deve dar vida a uma personagem chamada “Amelia”.

Você deve se lembrar de Goldsberry como Quellcrist Falconer, uma das personagens principais da série ‘Altered Carbon’, da Netflix. Ela também ganhou diversos prêmios pelo seu papel como Angelica Schuyler em ‘Hamilton’ — uma interpretação que lhe rendeu prêmios variados, como o Tony Award, Grammy, Drama Desk e Lucille Lortel Award.

publicidade

Leia mais

Montagem mostra a atriz Renée Elise Goldsberry, possivelmente contratada para a série "Mulher-Hulk", e a personagem Amelia Voght, dos quadrinhos da Marvel
Renée Elise Goldsberry pode ter sido contratada para viver a mutante Amelia Vought em série sobre a Mulher-Hulk. Imagem: Netflix/Marvel Comics/Reprodução

O Deadline relata apenas o nome da suposta personagem vivida por Renée Elise Goldsberry em ‘Mulher-Hulk’, sem lhe atribuir função ou origem. Entretanto — e isso ainda é especulação, vale citar — a personagem titular teve encontros nada amistosos nos quadrinhos com uma mutante chamada “Amelia Voght”. Nas páginas do gibis da Marvel, ela foi a mutante que tratou de Charles Xavier (dos X-Men) quando este perdeu o movimento das pernas, além de participar ativamente do desenvolvimento da máquina conhecida como “Cerebro”, usada para encontrar outros mutantes. Até recentemente, Voght era identificada como uma agente de um grupo conhecido como “S.W.O.R.D.”.

A possível contratação de Goldsberry, bem como sua interpretação de uma personagem que pode ou não ser a mutante referida no parágrafo acima, servem como evidência de que a Disney está focada em reunir produções anteriores à sua aquisição da Marvel com o universo cinematográfico atual. A franquia ‘X-Men’ de filmes foi produzida pela Fox (que a Disney viria a comprar em dezembro de 2017) e a própria série ‘Mulher-Hulk’ trará Tim Roth de volta como o vilão Emil Blonsky/Abominável — papel esse que o ator viveu no filme ‘O Incrível Hulk’ (2008), produzido pela Universal.

Em ‘Mulher-Hulk’ (‘She-Hulk’, no original em inglês), Jennifer Walters (vivida por Tatiana Maslany) foi alvejada por um chefe do crime organizado e, estando entre a vida e a morte, recebeu uma transfusão de sangue de seu primo Bruce Banner, o Hulk (que volta às telas novamente interpretado por Mark Ruffalo). O sangue cheio de radiação gama de Banner, porém, transforma Walters em uma criatura similar ao seu primo — pele verde, musculatura e tamanho desenvolvidos e força sobre-humana. A diferença, porém, é que Walters sempre teve a capacidade de controlar sua transformação, enquanto o Hulk — ao menos até ‘Vingadores: Ultimato’ — aparecia apenas quando Banner ficava com raiva.

A Marvel Studios e a equipe que representa Renée Elise Goldsberry foram procuradas, mas não comentaram as informações divulgadas.

Fonte: Deadline