EnglishPortugueseSpanish

O iPhone possui uma ferramenta nativa que identifica sons externos no ambiente. Com isso, o dispositivo da Apple é capaz de alertar sobre ruídos que possam indicar um princípio de incêndio. Para usar o recurso, o reconhecimento de som do celular precisa estar ativado. Acompanhe o tutorial e saiba como usar o detector.

A funcionalidade foi desenvolvida a partir da versão 14 do iOS e possui não apenas o detector de incêndio, mas diversas opções de segurança, que podem ser usadas, inclusive, em atividades em casa como avisar que tem alguém batendo na porta, buzinando, ou até que um bebê está chorando.

publicidade

O intuito da ferramenta é ajudar pessoas com deficiências auditivas, já que ao criar um alerta de perigo o celular emite uma notificação na tela do aparelho. A tecnologia funciona da mesma forma que a “Siri”, que usa inteligência artificial para captar sons no ambiente e falar com usuários.

Leia mais!

Como ativar o detector de incêndio no iPhone?

1. Entre em “Ajustes” no seu celular, toque em “Acessibilidade” e depois em “Reconhecimento de som”;

Como ativar detector de incêndio e fumaça. Imagem: Olhar Digital

2. Ative a chave seletora e clique em “Sons” para escolher o tipo de alerta que quer criar. Em seguida, ative as chaves dos alarmes para “Fumaça” e “Incêndio”. Se a função “E aí Siri” estiver ativada, o iPhone pedirá uma confirmação para desativá-la e usar apenas o reconhecimento de voz. Isso porque o dispositivo entende que o recurso é utilizado por pessoas sem audição;

Como ativar detector de incêndio e fumaça. Imagem: Olhar Digital

3. Para voltar a usar a Siri, basta desativar a chave seletora do reconhecimento de som;

4. Na Central de Controle do iPhone também é possível configurar seus tipos de alertas. Para isso, pressione o ícone de reconhecimento de som no atalho e acrescente ou retire o “tick” das opções.

Como ativar detector de incêndio e fumaça. Imagem: Olhar Digital

Vale ressaltar que a Apple adverte para não depender apenas do Reconhecimento de Som para evitar situações de perigo. A ferramenta auxilia, mas não deve ser utilizada como a única opção em caso de emergência.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!