Uber vai levar pessoas do grupo de risco aos locais de vacinação de forma segura

A Uber se juntou ao Movimento Unidos pela Vacina e vai auxiliar no transporte de pessoas do grupo de risco para os locais de vacinação contra Covid-19. O objetivo é conseguir levar, de maneira segura, os vacinados que não possuam carro.

A iniciativa ainda está sendo testada e vai, por enquanto, funcionar apenas no Ceará em três cidades selecionadas. São elas: Caucaia, Crato e Maranguape. O projeto é desenvolvido em parceira com a Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (SESA). As viagens que fizerem parte da parceria vão ser inteiramente pagas pela Uber.

Vacinação Uber

De acordo com a CEO da empresa, Dara Khosrowshahi, o objetivo do app de transportes é fazer 10 milhões de viagens gratuitas ou com descontos pelo mundo inteiro para garantir que a mobilidade não seja um impeditivo para algumas pessoas tomarem vacinas.

Leia também: 

“A Uber entende a importância de contribuir com iniciativas para ajudar as pessoas chegarem até os locais de vacinação. Temos diversas ações para facilitar a imunização de quem mais precisa. A entrada da empresa no movimento é mais um passo importante nessa direção”, afirma a diretora-geral da Uber no Brasil, Claudia Woods.

“A Secretaria de Saúde do Estado do Ceará criou o Cadastro Estadual de Vacinação no portal Saúde Digital, para tornar o processo mais organizado e eficiente. A Parceira com o Uber é de grande soma para nossos esforços de concluir a vacinação da população cearense”, disse Magda Almeira, Secretária-Executiva da SESA.

O Movimento Unidos Pela Vacina foi organizado pela empresária Luiza Trajano e tem como objetivo vacinar todos os brasileiros até setembro de 2021. O grupo reúne ONGs e empresas que estejam interessados em ajudar na campanha de vacinação no Brasil.

Para saber mais sobre a produção da CoronaVac, leia o especial do Olhar Digital.

Esta post foi modificado pela última vez em 13 de abril de 2021 18:43

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Lucas Soares