Categoras: Games e Consoles

CD Projekt prevê lucro recorde graças às vendas de ‘Cyberpunk 2077’

A desenvolvedora de jogos CD Projekt quebrou seus próprios recordes financeiros após o lançamento de ‘Cyberpunk 2077’ em dezembro do ano passado. Números preliminares referentes ao ano fiscal de 2020 mostram que a companhia polonesa obteve US$ 562 milhões em vendas (na moeda local, 2.139 milhões de zlotys), mais do que o dobro alcançado em 2015 quando ‘The Witcher 3: Wild Hunt‘ chegou ao mercado.

Já o lucro líquido da empresa foi de US$ 303 milhões (1.154 milhões de zlotys), o que corresponde ao triplo do recorde anterior registrado em 2015. Na época, após o lançamento do último título da franquia ‘The Witcher‘, a CD Projekt ganhou US$ 210 milhões (798 milhões de zlotys) em receitas, com um lucro líquido de US$ 90 milhões (342 milhões de zlotys).

Companhia polonesa registrou lucro recorde em 2020. Imagem: CD Projekt/Reprodução

Os números não surpreendem, já que ‘Cyberpunk 2077’, um dos títulos mais aguardados pelos gamers, foi o principal responsável pela conquista. Considerado o jogo para PC de venda mais rápida da história, Cyberpunk conseguiu recuperar os seus custos de oito anos de desenvolvimento em apenas um dia, acumulando 8 milhões de cópias digitais vendidas somente na pré-venda.

Leia mais:

Polêmicas de ‘Cyberpunk 2077’

Os muitos problemas que teve logo após o seu lançamento junto ao fato de o jogo ainda não estar disponível na PlayStation Store (removido da loja após uma série de reclamações de desempenho do jogo nos consoles da Sony), são fatores que certamente afetarão a forma como a CD Projekt vai se posicionar na indústria dos games no futuro. Por isso, o vice-presidente sênior de desenvolvimento de negócios da empresa, Michał Nowakowsk, declarou que daqui em diante os jogos da companhia não serão comercializados até que estejam de fato prontos para o lançamento.

Por fim, vale lembrar que ‘Cyberpunk 2077’, excluindo os spin-offs da franquia ‘Witcher’, foi o primeiro grande lançamento da CD Projekt em anos. A empresa diz que apesar da reação negativa, não pretende abandonar o jogo, e continua trabalhando em melhorias para que o título retorne para a PlayStation Store.

Via: PC Gamer

Esta post foi modificado pela última vez em 19 de abril de 2021 15:35

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Gabriel Sérvio