EnglishPortugueseSpanish

Não são raras histórias de produtos da Apple que, mesmo após passarem pelas situações mais adversas, continuam funcionando muito além do garantido pelo fabricante. Uma jovem inglesa agora tem uma história dessas para contar graças à “gulodice” de seu Golden Retriever, Jimmy.

Rachel Hick, de 22 anos, estava se preparando para dar um petisco de páscoa para o animal quando ele, animado, pulou sobre ela e derrubou no chão o estojo com seus AirPods, que estava em um bolso. E antes que ela pudesse reagir, o cão engoliu o estojo inteiro. “Ele me olhou logo em seguida com aquela cara de ‘esse não era o petisco, era?'”, disse Hick.

publicidade

Leia mais:

Preocupada, ela levou o cão a uma clínica veterinária, onde um exame de raio-X constatou que o estojo com os fones de ouvido estava no estômago do animal. Preocupado com a possibilidade do objeto causar uma obstrução intestinal, além do risco de vazamento das baterias, o veterinário de plantão decidiu que a melhor opção seria operar Jimmy.

Para surpresa de todos, o estojo com os AirPods saiu intacto, sem sequer uma marca de dentes, com os fones dentro e a luz indicadora de carga ainda acesa. Algumas horas mais tarde, após uma boa limpeza, Rachel descobriu que tanto o estojo quanto os AirPods funcionam perfeitamente.

Exame de raio-X mostrou o estojo com os AirPods no estômago de Jimmy. Imagem: Vets Now

“Jimmy é um bom garoto e tem sorte de que seus donos agiram tão rapidamente. Ácido de bateria é altamente perigoso para os cães, assim como objetos grandes, especialmente se passarem pelo intestino”, disse o veterinário.

O guloso cãozinho se recuperou bem da cirurgia, e passou alguns dias com um cone no pescoço para não lamber  ferida. “Fiquei tão preocupada com ele, e a história certamente serve de aviso a outros donos de cães. Não acredito que os AirPods ainda funcionam. Eles foram bem limpos!”, diz Rachel.

Fonte: Vets Now