Categoras: Vídeos

Gigantes em órbita: Amazon entra de vez na briga pela banda larga via satélite

A Amazon fechou um contrato com a United Launch Alliance para nove lançamentos de foguetes Atlas 5 contendo satélites do “Project Kuiper”, o serviço global de banda larga via satélite que vai concorrer com o Starlink, da SpaceX.

A empresa espera que a “constelação” do Kuiper tenha 3.236 satélites, para levar a internet a locais rurais e partes do globo que tem pouca ou nenhuma conectividade. Ela também vai servir para reforçar a infraestrutura do serviço de computação em nuvem da empresa, o Amazon Web Services, facilitando a interconexão dos vários data centers.

A licença da FCC, agência do governo dos Estados Unidos que controla a indústria de telecomunicações, exige que a Amazon coloque em operação pelo menos metade da rede, cerca de 1.618 satélites, até julho de 2026.

Ao contrário da SpaceX, que lança seus satélites a bordo dos próprios foguetes reutilizáveis Falcon 9, os satélites do Project Kuiper são projetados para ser lançados por diferentes tipos de foguetes.

Segundo a Amazon, os satélites vão orbitar a Terra a uma altitude entre 590 a 630 quilômetros. Testes com protótipos mostraram uma velocidade de download de 400 Mbps que deve aumentar com o funcionamento do serviço. No ano passado a empresa prometeu investir 10 bilhões de dólares no projeto, quase o mesmo que a SpaceX vai investir no Starlink.

A briga entre os dois bilionários promete esquentar cada vez mais, e quem sai ganhando são os usuários…

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Esta post foi modificado pela última vez em 21 de abril de 2021 21:37

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Eduardo Sorrentino