Covid-19: pela 1ª vez em 2 meses, SP tem queda de casos, mortes e internações

Pela primeira vez em dois meses, o estado de São Paulo teve uma queda conjunta nos indicadores de novos casos, óbitos e também novas internações por Covid-19. Os números são de acordo com a Secretaria Estadual da Saúde e segundo o governo paulista, o registro de novos casos diários em relação à última semana caiu 14%, enquanto novas internações reduziram em 6% e óbitos, em 23%. 

O Centro de Contingência do Coronavírus atribuiu as quedas à diminuição de circulação nas fases restritivas. “Pela primeira vez nas [últimas] oito semanas epidemiológicas que tivemos —portanto, por dois meses— é a primeira vez que nós temos uma redução concomitante dos três índices: casos, internações e óbitos”, afirmou o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, em coletiva nesta sexta-feira (23).

Na última semana, conforme o governo paulista, foram registrados: 

  • 12.784 novos casos de Covid-19 por dia no estado;
  • 14,3% a menos do que na semana anterior;
  • 2.267 novas internações diárias, com queda de 6%; e 621 óbitos por Covid por dia, 23,6% a menos.

Já as taxas de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) por Covid-19 representam 81,1% no estado e 79,2% na Grande São Paulo, sendo que no início de abril, ambos chegaram a 92%. Por conta dos indicadores negativos, em março o governo colocou todo o estado na fase vermelha e na primeira quinzena do mês, passou para a fase emergencial. 

O Centro de Contingência interpretou os novos números como um indicativo de sucesso das medidas e, por isso, as pessoas não devem abrir mão do distanciamento social. 

Leia também:

A partir de sábado (24), todo o estado de São Paulo entrará na segunda etapa da fase de transição do Plano SP, o qual deve vigorar até 30 de abril. Além disso, a nova definição sobre a continuidade da flexibilização deve ser anunciada na próxima sexta-feira (30), acompanhando os indicadores de Covid-19.

Agora, está liberado a realização de missas e cultos religiosos e a reabertura do comércio. Restaurantes, salões de beleza e barbearias podem funcionar no mesmo horário que o comércio em geral, das 11h às 19h, com limitação de 25% da capacidade dos estabelecimentos. 

As academias poderão funcionar das 6h às 19h, com funcionamento máximo de 8 horas por dia. Ademais, também estão liberadas as atividades culturais no estado. Os parques estaduais da na capital paulista estarão abertas das 6h às 18h, nos dias úteis e fins de semana, segundo a gestão de Doria. 

Fonte: UOL

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Esta post foi modificado pela última vez em 23 de abril de 2021 14:51

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Gabriela Bulhões