A primeira superlua de 2021 começou a ser vista logo após o pôr do sol desta segunda-feira.

Apesar de ser chamada de “superlua rosa” nos Estados Unidos, ela não tem uma cor diferente. O nome vem de tribos indígenas que marcavam a passagem do tempo pelas luas cheias. Cada uma tinha um nome específico, e a de abril é “rosa” porque surge na mesma época que as flores róseas da Phlox Subulata, uma planta selvagem norte-americana.

publicidade

A “superlua” é qualquer lua cheia que ocorre enquanto a Lua está a 90% ou mais do momento de maior aproximação da Terra, o chamado Perigeu. Isso faz com que ela pareça até 15% maior e 30% mais brilhante do que o de costume.

O perigeu acontece regularmente a cada 28 dias, mas a ocorrência da Lua cheia no momento exato é mais rara. Em 2021 isso só vai acontecer duas vezes, nesta segunda-feira e no dia 26 de maio, quando a Lua vai estar ainda mais próxima de nós.

Se você quiser registrar o fenômeno, dá um pulinho no olhardigital.com.br depois do boletim, que a gente preparou boas dicas para fotografar a Lua nesse momento especial e muito bonito!

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!