EnglishPortugueseSpanish

A Fiat Professional, divisão de veículos profissionais da Stellantis, anunciou a chegada da E-Ducato, o primeiro furgão totalmente elétrico da montadora italiana. O modelo já havia sido anunciado em meados de 2020, mas só chega oficialmente agora ao mercado europeu. 

A van será disponibilizada em uma série de versões, com volume de carga que varia entre 10m³ e 17m³, podendo carregar até 1,95 tonelada de carga útil. O veículo terá uma autonomia de cerca de 170km com uma bateria de 79kWh, as unidades de potência serão cobertas por uma garantia de oito anos/160 mil km ou 10 anos/220 mil km, respectivamente. 

publicidade

Apesar dos custos de manutenção mais baixos que sua em relação à versão com motor à combustão, a E-Ducato deve chegar às concessionárias por um valor relativamente mais alto. A versão de entrada deve ficar em torno de 42.700 euros (R$ 280,30 mil) na Itália

Tudo em casa

Os principais competidores do furgão elétrico da Fiat no mercado europeu são o Peugeot e-Boxer, o Citroen e-Jumper e o Opel Movano, este último, especificamente, no Reino Unido. Curiosamente, todos esses veículos são de empresas de propriedade da Stellantis. 

Todos os modelos são considerados irmãos, já que são construídos em uma mesma base e foram desenvolvidas em conjunto por equipes das diferentes montadoras. No entanto, a conversão da arquitetura de à combustão para veículos elétricos é diferente entre eles. 

Leia também: 

Fiat firmou parceria com a DHL, que adquiriu os 100 primeiros E-Ducatos. Crédito: Fiat/Divulgação

As 100 primeiras unidades do E-Ducato já têm dono, trata-se da empresa de logística DHL, que firmou uma parceria com a Fiat. Atualmente, a transportadora já opera com em torno de 500 vans elétricas no continente europeu e outros 14 mil furgões à combustão ou híbridos, com a meta de converter a maior parcela de sua frota em carros elétricos até o ano de 2030. 

Com informações do Inside EVs Stellantis 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!