Uma das figuras mais importantes da franquia ‘Street Fighter‘, Yoshinori Ono, confirmou que deixará a publisher Capcom após mais de 20 anos de serviço à empresa. O icônico produtor de jogos de luta anunciou a mudança em seu Facebook pessoal, confirmando que, a partir de 1º de maio de 2021, assumirá o posto de presidente e COO do estúdio Delightworks, especializado em jogos mobile.

“Eu vou trabalhar em um estúdio que é um pouquinho diferente daquilo com o que estou acostumado”, disse Yoshinori Ono pelo Facebook e também pelo Twitter. “Eu também vou olhar para o desenvolvimento [de jogos] de uma perspectiva diferente do que já vinha fazendo. Minhas experiências anteriores foram muito empolgantes, mas eu estou agora buscando mais crescimento em minha nova posição”.

publicidade

Leia mais

Dear FGC, World Warriors.On May 1st, I will be moving from Capcom to another company.I'm going to be working at a…

Publicado por Yoshinori Ono em Terça-feira, 27 de abril de 2021

O estúdio Delightworks é responsável pelo desenvolvimento do jogo ‘Fate/Grand Order’ nos smartphones. Originalmente lançado em 2015, o jogo gratuito já conta com diversas expansões e é produzido pela Aniplex, uma subsidiária da Sony. O estúdio também está desenvolvendo o jogo de luta em 2D ‘Melty Blood: Type Luminia’, para PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch, com lançamento previsto para este ano.

No site oficial da empresa, um comunicado confirma a mudança: “Yoshinori Ono, que contribuiu com o crescimento de muitos jogos em empresas de jogos domésticos, participará da gestão da empresa dentro de uma perspectiva mais multifacetada. Akihito Shoji, o fundador e presidente da Hyundai, também será apontado como chairman e CEO no mesmo dia”.

Yoshinori Ono entrou para a Capcom em 1998, sempre trabalhando nas diversas franquias de jogos de luta da empresa: embora seu trabalho fosse majoritariamente dedicado a ‘Street Fighter’, seu nome também aparece nos créditos de títulos como ‘Darkstalkers’ e ‘Marvel versus Capcom’, em graus variados de participação.

Ele também ficou conhecido por sempre carregar consigo um boneco do personagem brasileiro “Blanka” (a quem ele se refere como “Jimmy”) para todos os países que visitou. Segundo o próprio, nas vezes em que esqueceu de levar o brinquedo, a Capcom lhe dava uma bronca.

Yoshinori Ono, que deixa a Capcom depois de mais de 20 anos, é mostrado na imagem segurando um boneco do personagem Blanka, que ele carregava consigo para todos os países que visitava
Yoshinori Ono tornou-se a figura mais conhecida da franquia ‘Street Fighter’, trabalhando na produção dos jogos há mais de 20 anos. Imagem: James Cao/Studiosushi

Ono é creditado como o “revitalizador” de ‘Street Fighter’ após o imenso sucesso do lançamento de ‘Street Fighter IV’ em julho de 2008. Desde então, ele tem sido uma figura presente em praticamente todos os eventos de grande porte do mercado pelo mundo — incluindo a Brasil Game Show, onde participou de repetidas edições. Em 2014, um perfil dele feito pelo site Eurogamer revelou que Ono, devido ao trabalho excessivo de uma turnê de divulgação do jogo, desmaiou no banheiro de casa, com um diagnóstico clínico dizendo que o nível de acidez em seu sangue era o mesmo de um atleta que acabou de sair de uma maratona.

Após isso, Yoshinori Ono ainda participou do lançamento de ‘Street Fighter V’, que não conseguiu reproduzir o sucesso de seu antecessor. A Capcom está em vias de fechar a quinta temporada do jogo neste ano, com rumores de que ‘Street Fighter VI’ já esteja em desenvolvimento. A empresa não comentou a saída do produtor.

Fonte: Yoshinori Ono, via Twitter e Facebook / Eurogamer