A Oi anunciou nesta terça-feira (27) a chegada do Oi Fibra, o serviço de ultra banda larga da empresa, em São Paulo.

A expectativa é que, até o fim de 2021, a fibra ótica da operadora esteja passando por 400 mil domicílios. Em 2022, a meta é chegar a 2 milhões de residências.

publicidade

Com intuito de se tornar a líder no mercado de ultra banda larga em solo nacional, a telco leva como uma das principais estratégias o preço competitivo, a fim de conquistar espaço.

fibra ótica, fibra óptica, internet banda larga
Oi aposta em ultra banda larga com preço competitivo.
Crédito: Shutterstock

O anúncio da chegada do serviço em São Paulo já era estudado desde o fim do ano passado, quando a empresa confirmou planos de trazer o serviço à região. As ofertas do Oi Fibra para São Paulo terão início nesta quarta-feira (28).

Estratégia da operadora

Para as ofertas residenciais, a operadora prevê a disponibilização de ofertas de internet com 500 Mbps de download e 250 Mbps de upload, VoIP, seis meses de acesso gratuito ao serviço de streaming HBO Go, Oi Play e Wi-Fi.

Esse pacote inicial está previsto pelo valor de R$ 129,90 ao mês, enquanto que há também a possibilidade de acrescentar o serviço de IPTV, que engloba 130 canais, sendo 67 em HD. Para esse último, a mensalidade chega no valor de R$ 259,90.

Veja mais!

De acordo com a empresa, a intenção era entregar uma velocidade que “superasse a expectativa dos clientes e que facilitasse a abordagem comercial”, disse Roberto Guenzburger, diretor de marketing da Oi.

A oferta também conta com banda larga para o segmento empresarial. Por meio do serviço, pequenos empreendedores terão acesso à internet de 500 Mbps, VoIP e serviços digitais dos parceiros olist e Aceleraí.

Atualmente, o Oi Fibra conta com cerca de 11 milhões de casas atendidas em 148 cidades.

Via: Convergência Digital e Telesíntese.