Categoras: Produtos e Reviews

Samsung e Xiaomi devem lançar processador em parceria para smartphones

Rumores indicam que a Xiaomi, considerada a terceira maior fabricante de celulares Android, e a Samsung, atual líder no mercado de smartphones, firmaram uma parceria inédita para desenvolver um novo processador topo de linha para dispositivos móveis. As empresas, inclusive, já teriam realizado uma série de reuniões sobre o projeto.

O chipset deve ser baseado em núcleos Cortex X2, a próxima arquitetura criada pela ARM que deve ser revelada ainda este ano. Em processamento gráfico, devido às unidades limitadas de peças disponíveis no mercado, a fabricante chinesa provavelmente vai continuar apostando nas GPUs Mali.

A taiwanesa MediaTek é outra gigante do mercado que também produz chips baseados na arquitetura ARM. Imagem: g0d4ather/Shutterstock

Por enquanto, as informações sobre a possível parceria ainda não foram confirmadas por ambas as partes. No entanto, vale ressaltar que esta não é a primeira vez que a Xiaomi demonstra interesse em desenvolver chips personalizados. Em 2017, a companhia apresentou o SoC Surge 1. Segundo a fabricante, o chipset (que chegou a ser utilizado no Mi 5C) oferecia mais desempenho que o seu rival direto na época, o Snapdragon 625 desenvolvido pela Qualcomm.

Leia mais:

SoCs personalizados estão virando tendência

Outras empresas também estão investindo em chipsets próprios. A Apple talvez seja o maior exemplo dessa mudança. A empresa de Cupertino está migrando sua linha de Macs gradativamente para o chip M1 (e em breve o ‘M2’, que deve ser produzido já no segundo semestre), substituindo os processadores da Intel.

O Google também não ficou de fora: rumores indicam que a companhia de Mountain View também está trabalhando na criação de um SoC customizado em parceria com a Samsung. O chip, conhecido internamento como “Whitechapel”, deve ser utilizado nos aparelhos da linha Pixel 6.

Por fim, a Qualcomm também deve adotar os núcleos Cortex X2 nos seus próximos chips de ponta da linha Snapdragon. Assim como a própria Samsung, que deve investir na novidade para sua família de SoCs Exynos.

Via: Gizmochina

Esta post foi modificado pela última vez em 28 de abril de 2021 14:42

Compartilhar
Deixe seu comentário
Publicado por
Gabriel Sérvio