Nesta quarta-feira, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou que o Instituto Butantan começou a produzir as primeiras doses da Butanvac, a vacina nacional contra a Covid-19 .

O Butantan prevê produzir cerca de 18 milhões de doses da vacina até o fim da primeira quinzena de junho.

publicidade

A Butanvac utiliza o vírus da Doença de Newcastle geneticamente modificado, desenvolvido por cientistas norte-americanos da escola de medicina do hospital Mount Sinai, em Nova Iorque.

O desenvolvimento complementar da vacina usa tecnologia do Butantan, incluindo a multiplicação do vírus, condições de cultivo, ingredientes, adaptação dos ovos, conservação, purificação, inativação do vírus, escalonamento de doses e outras etapas.

A produção começou mesmo sem o imunizante ter recebido aval da Anvisa para iniciar testes clínicos em humanos. Até o momento, a vacina foi testada apenas em animais.

Na sexta-feira passada, o Butantan chegou a protocolar um pedido para iniciar os testes, mas nesta terça-feira, a agência solicitou informações adicionais ao instituto para que o pedido seja avaliado.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!