O Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa (JPL) anunciou na tarde desta quinta-feira (29) que o helicóptero Ingenuity não conseguiu decolar para seu quarto voo em Marte.

“Mire alto, voe e voe de novo. O quarto e ambicioso voo do #MarsHelicopter não decolou, mas a equipe está analisando os dados e pretende tentar novamente em breve. Manteremos vocês informados”, disse o texto.

Os planos para o quarto voo do Ingenuity

O quarto voo começaria com o Ingenuity subindo a uma altitude de 5 metros e, em seguida, indo para o sul, voando sobre rochas, ondulações na areia e pequenas crateras de impacto por 84 metros.

Leia mais:

A partir deste ponto, o helicóptero usará sua câmera de navegação, que é voltada para baixo, para coletar imagens da superfície a cada 1,2 metros até que percorra um total de 133 metros.

Em seguida, o Ingenuity irá pairar no ar e tirará fotos com sua câmera colorida antes de voltar para o Wright Brothers Field, nome dado pela Nasa ao “aeroporto” que serve de base para os testes.

Imagem em preto e branco feita pela câmera de navegação do Ingenity durante seu segundo voo em Marte
Uma foto feita com a câmera de navegação do Ingenuity

“Para atingir a distância necessária para este voo de reconhecimento, vamos quebrar nossos próprios recordes estabelecidos durante o terceiro voo”, disse Johnny Lam, piloto reserva do Ingenuity no JPL.

“Estamos aumentando o tempo de voo de 80 segundos para 117, aumentando nossa velocidade máxima de 2 metros por segundo para 3,5 e mais do que dobrando nosso alcance total.”

Após receber os dados do quarto voo, a equipe do Ingenuity considerará seu plano para o quinto e último voo. “Estamos analisando várias opções em relação a como será o quinto voo”, disse J. “Bob” Balaram, engenheiro-chefe do Ingenuity no JPL.

“Mas me pergunte sobre isso depois que o quarto voo for bem-sucedido. A equipe continua comprometida em construir nossa experiência de voo passo a passo”.

Fonte: @NasaJPL