O Facebook anunciou nesta terça-feira (4) que irá investir US$ 7,5 milhões por meio do programa Aceleradora de Comunidades 2021. A iniciativa tem o intuito financiar líderes em todo o mundo para ajudá-los a impulsionar o poder das suas comunidades, transformando ideias em ação.

Essa é a segunda edição do programa, que está com inscrições abertas até 31 de maio.

publicidade

O programa tem duração de oito meses e atua em três frentes: treinamento e coaching, acesso a novos produtos, e aportes financeiros.

Imagem mostra pessoas diversas unindo suas mãos em um mesmo ponto no ar.
Programa Aceleradora de Comunidades do Facebook tem duração de oito meses e visa gerar impacto positivo em diferentes países. Crédito: Shutterstock

Os interessados precisam ter uma comunidades com grupo no Facebook, cujos líderes possuem, no mínimo, 18 anos e sejam residentes nos seguintes países: África do Sul, Alemanha, Argentina, Áustria, Brasil, Chile, Colômbia, Egito, Estados Unidos, Filipinas, Índia, Indonésia, Malásia, Marrocos, México, Nigéria, Peru, Quênia, Reino Unido, Singapura, Suíça e Tailândia.

As comunidades devem existir há mais de um ano e ter pelo menos mil membros.

O programa será realizado para o Brasil em português, em espanhol para Argentina, Chile, Colômbia, México e Peru; em alemão para Alemanha, Áustria e Suíça; e inglês para todos os demais mercados.

Quem participou da edição 2020 do Aceleradora de Comunidades não está apto para se inscrever nesta edição. Já os participantes de outros programas do Facebook podem se inscrever, desde que atendam aos pré-requisitos

Cada uma das comunidades selecionadas receberá até US$ 50 mil em auxílio para financiar ações que contribuam para o avanço de seus respectivos objetivos.

Atrelado a isso, um grupo menor de comunidades será elegível para receber um recurso adicional, que soma US$ 1 milhão.

Veja também!

Aceleradora de Comunidades

O programa da Facebook tem como objetivo ampliar o impacto positivo que comunidades podem causar localmente. Para isso, ele acontece em três momentos: fortalecimento dos Grupos, planejamento das iniciativas e execução do plano.

“No Facebook, temos o compromisso de apoiar líderes de comunidades tanto por meio de recursos quanto por meio de ferramentas. Com a segunda edição do programa Aceleradora de Comunidades, estamos investindo e capacitando líderes para expandir e nutrir comunidades significativas que impactam positivamente a vida das pessoas”, explica Leticia Jauregui, gerente de parcerias para comunidades do Facebook para América Latina.

Ilustração mostra prédios no meio da cidade e também um jornal e um computador. No centro é possível ler a frase: Apoio a Agência Mural, uma iniciativa que fez parte da comunidade de acelerados pelo programa do Facebook
A Agência Mural de Jornalismo das Periferias foi uma das comunidades do Facebook acelerada em 2020. Crédito: Reprodução/Agência Mural de Jornalismo das Periferias

A Aceleradora de Comunidades faz parte do Programa de Líderes de Comunidades do Facebook.

Atuação no Brasil

No ano passado, o programa contou com a participação de algumas iniciativas brasileiras, entre elas a Agência Mural de Jornalismo das Periferias, que conta com correspondentes locais para minimizar lacunas de informações e contribuir com a desconstrução de estereótipos sobre a periferia de São Paulo.

A Abraço Cultural também foi uma das selecionadas. A ONG possui iniciativas de impacto social como aulas de idioma e cultura com professores refugiados, além de oficinas, palestras e eventos culturais.

Conheça a lista completa dos acelerados de 2020 no site do programa.