A ZAP+, unidade de negócios da OLX Brasil dedicada ao mercado imobiliário, abriu 45 novas oportunidades para as áreas de tecnologia e produto. A empresa está ampliando sua força de trabalho com intuito de desenvolver novas soluções nas plataformas ZAP Imóveis e Viva Real.

Os escritórios da empresa estão localizados no Rio de Janeiro e em São Paulo, mas o regime de trabalho oferecido para essas oportunidades é 100% remoto, mesmo no pós-pandemia, o que possibilita que pessoas residentes de outras cidades do Brasil também possam se inscrever.

publicidade

Para ver quais são as posições e mais detalhes sobre pré-requisitos, basta visitar a página de carreiras da OLX: careers.smartrecruiters.com/OLXBrasil.

Imagem mostra os logotipos das empresas que fazem parte da OLX Brasil: OLX, Zao Imóveis e Viva Real.
A ZAP+ é a unidade de negócios da OLX Brasil dedicada ao mercado imobiliário.
Crédito: Reprodução/Zap+

“Estamos nos reestruturando para fazer uma verdadeira revolução no mercado imobiliário, focados em melhorar a experiência do usuário que utiliza as plataformas, com base em pesquisas e novas iniciativas que já estão rodando em projetos-pilotos”, relata Maíra Castro, vice-presidente de produto do ZAP+.

Dentro de ZAP+, a área de tecnologia atua em squads, ou seja, grupos com diferentes focos que atuam de forma autônoma e têm a liberdade de escolher a melhor forma e tecnologias necessárias para solucionar a demanda para a qual estão trabalhando.

Para fortalecer o convívio entre as equipes durante o trabalho remoto, a OLX Brasil tem desenvolvido atividades por videoconferência, como workshops diversos para capacitação profissional e inteligência emocional, além de gamificação para aproximar as equipes e proporcionar momentos de diversão coletiva. Há também atividades de bem-estar virtuais como meditação, yoga e atendimento psicológico.

Dança das cadeiras

Maíra assumiu há apenas seis meses a vice-presidência de produtos do ZAP+. Anteriormente, ela foi vice-presidente de produto no Gympass, quando ajudou a escalar a startup para mais de 16 países, liderando times de CX, Operações, Produto, Design e Engenharia. Também trabalhou no fundo Kaszek Ventures, Whirlpool e Monitor Deloitte.

A reestruturação da empresa também contou com Marcelo Soares, assumiu a posição de head de engenharia de ZAP+. O executivo anteriormente ocupada o cargo de diretor de engenharia na OLX, onde liderou o lançamento da OLX Pay, além de ser o responsável pelo time de tecnologia da unidade de negócios após a aquisição do Grupo ZAP por R$ 2,9 bilhões no ano passado.