O Google anunciou na última quinta-feira (6), por meio de um post em seu blog oficial, que vai tornar a verificação em dois passos (2FA) obrigatória para todos os usuários. Entretanto, a empresa de Mountain View ressalta que, para isso, as contas devem estar “apropriadamente configuradas”.

A verificação em dois passos é um método comum de proteção às contas de usuários de serviços online. Quando ativada, ela adiciona uma camada extra de segurança além da inserção de nome de usuário e senha, normalmente oferecendo um código aleatório por mensagem de texto (SMS), aplicativo de autenticação como o Google Authenticator, ou ainda um dispositivo físico que gera chaves randômicas. Em tese, como este código é aleatório e alterado depois de alguns instantes, a invasão de sua conta por, digamos, um hacker, fica mais difícil de ocorrer.

publicidade
Imagem animada mostrando como o Google implementa a verificação em dois passos (2FA), para ampliar a segurança de seus usuários
Com obrigatoriedade da autenticação em dois fatores, o Google espera tornar as contas de seus usuários mais seguras. Imagem: Google/Divulgação

“Uma das melhores formas de proteger a sua conta de quebra de senhas ou de uma senha ruim é ter uma segunda forma de verificação implementada – uma outra maneira de sua conta confirmar que é mesmo você quem está tentando acessá-la”, disse Mark Risher, diretor de gestão de produtos, identidade e segurança do usuário na empresa. “O Google vem fazendo isso por anos, assegurando que a sua conta esteja protegida por múltiplas camadas de identificação”.

Leia mais:

“Hoje”, continua o executivo do Google, “nós pedimos que as pessoas que se matricularam no programa de verificação em dois passos (2FA) confirmem suas identidades com um simples toque em uma notificação do Google em seus telefones sempre que fizerem o login. Logo, vamos automaticamente matricular nossos usuários na 2FA desde que suas contas estejam prontas para isso. Usar seus dispositivos móveis para entrar em suas contas oferece às pessoas uma experiência de autenticação mais segura do que apenas as suas senhas”.

Você pode confirmar se a sua conta está “apropriadamente configurada” pela página de verificação de segurança (myaccount.google.com/security-checkup), que oferece um diagnóstico de proteção do seu perfil, listando, além do status da verificação em dois passos, para quais apps você já concedeu acesso à sua conta Google, quais senhas podem estar comprometidas e necessitam de alteração, entre outros benefícios.

A medida vem como um reforço à proteção dos usuários, já que, segundo o próprio Google, 66% deles admitiram ainda usarem a mesma senha apesar de diversos casos de vazamento de informações e quebra de proteções comuns. Não por menos, o anúncio da empresa veio no “Dia Mundial da Senha”.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!