O Governo Federal inaugurou, nesta terça-feira, a primeira antena 5G em área rural, na fazenda modelo do Instituto Mato-Grossense de Algodão, em Rondonópolis.

Instalada pela Nokia, a antena 5G vai funcionar em caráter experimental. Mas, já vai ser possível ter uma “prévia” dos benefícios da tecnologia neste setor.

publicidade

O uso do 5G na agricultura vai permitir o monitoramento remoto de toda a plantação por meio de imagens captadas por drones, por exemplo. A tecnologia também vai possibilitar que chips, GPS e outros equipamentos monitorem a saúde dos animais e as condições climáticas das lavouras.

Além disso, o 5G vai possibilitar que os tratores funcionem de forma mais autônoma. Em alguns casos, inclusive, sistemas de irrigação vão poder ser acionados a quilômetros de distância.

Este é apenas mais um dos testes programados para ensaiar a chegada do 5G no Brasil. Até o fim do ano, o Ministério das Comunicações vai apresentar 20 pilotos para demonstrar o uso da tecnologia nas mais diversas áreas.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!