A Caixa Econômica Federal liberou nesta quinta-feira (13) o saque ou transferência dos recursos da primeira parcela do auxílio emergencial 2021 que foram creditados na Poupança Social Digital para trabalhadores nascidos em outubro.

Recursos ainda podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem e na Rede Lotérica de todo o país.

Confira abaixo o calendário de saques da primeira parcela:

Calendário de saques da primeira parcela do auxílio emergencial. Créditos: Divulgação/Caixa
Calendário de saques da primeira parcela do auxílio emergencial. Créditos: Divulgação/Caixa

Em 2020, o Caixa Tem foi utilizado por milhões de brasileiros para receber o auxílio emergencial do governo federal, que tem como objetivo ajudar a amenizar os impactos econômicos causados pela pandemia do novo coronavírus. A Caixa abriu mais de 105 milhões de Contas Poupança Social Digital no último ano de forma gratuita, o que promoveu a inclusão social e financeira de 35 milhões de brasileiros que nunca tiveram contas em banco. Com isso, ele acabou se tornando o software mais baixado de 2020 no Brasil, com 303,8 milhões de downloads.

publicidade

Além disso, o aplicativo acabou servindo para a realização de outros pagamentos do governo, como o BEm (Benefício Emergencial), pago a quem teve o salário reduzido, o abono salarial do PIS/Pasep, o saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e também aos beneficiários do Bolsa Família.

Leia mais!

Auxílio Emergencial 2021: como consultar se terá direito ao benefício

O Auxílio Emergencial de 2021 começou a ser pago no dia 6 de abril e, conforme algumas mudanças nas diretrizes e regras do projeto, muita gente está na dúvida se vai ou não conseguir receber o dinheiro extra. Pensando nisso, elaboramos um tutorial sobre como consultar se tem direito ou não ao benefício.

Dividida em quatro parcelas, a nova rodada de pagamentos terá um valor médio de R$ 250, podendo chegar até R$ 375 para famílias comandadas por mulheres que criam filhos sozinhas. Os valores, pagos por meio do Caixa Tem, serão direcionados aos trabalhadores informais com renda mensal inferior a meio salário mínimo e renda familiar de até três salários mínimos.

Como este ano não foram abertos novos cadastros, só terá o benefício aqueles que tenham recebido também em 2020. De acordo com o cronograma, para quem recebe o Bolsa Família, os pagamentos começam em 16 de abril e continua valendo a regra do valor mais vantajoso.

Para consultar se você vai ou não receber o Auxílio Emergencial, acesse a página do benefício no site do Dataprev a partir desta sexta-feira (2) e informe alguns dados pessoais. A previsão era que a consulta já estivesse liberada nesta quinta-feira (1º), porém o governo adiou a disponibilização do sistema.

Como consultar se vou receber o Auxílio Emergencial?

1. Acesse a página de consulta do benefício pelo site do Dataprev;

Saiba como consultar se tem direito ao Auxílio Emergecial pelo Dataprev. Imagem: Reprodução

2. Digite os dados solicitados (CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento). Depois, marque a opção “Não sou um robô” para a verificação e aperte “Enviar”;

Saiba como consultar se tem direito ao Auxílio Emergecial pelo Dataprev. Imagem: Reprodução

3. Pronto! Na tela seguinte acesse as informações sobre a aprovação ou não do Auxílio Emergencial para você.

Saiba como consultar se tem direito ao Auxílio Emergecial pelo Dataprev. Imagem: Reprodução

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!