Fontes da indústria apontam que a fusão entre WarnerMedia e Discovery, feita pela AT&T, está diretamente ligada à controversa decisão de lançar simultaneamente todos os filmes no streaming HBO Max, bem como nos cinemas, sem custo extra para os assinantes.

A fusão foi “vendida” à mídia e ao público com o intuito de criar um “serviço de streaming mais poderoso” para competir com a Netflix e o Disney+, combinando o catálogo de conteúdo da Warner Bros. e HBO com a programação popular dos canais Discovery. No entanto, a razão pela qual parece que a companhia americana de telecomunicações está agindo agora, em particular, é porque o plano de lançamento de filmes nos cinemas e no streaming, no mesmo dia, é considerado um fracasso para a empresa.

publicidade
Warner está lançando filmes simultaneamente nos cinemas e HBO Max em 2021. Imagem: Screenrant/Reprodução
Warner está lançando grandes filmes simultaneamente nos cinemas e HBO Max em 2021. Imagem: Screenrant/Reprodução

De acordo com a Variety, revista especializada na indústria do entretenimento, a AT&T vê a ideia como “um grande passo em falso, pois a ideia está prestes a custar ao estúdio mais de US$ 1 bilhão em receita de bilheteria perdida, pagamentos de participação nos lucros de talentos e altas taxas de licença pagas pelos filmes da HBO Max”. Ou seja, a menos que o ritmo no crescimento do número de assinantes do serviço de streaming aumente significativamente em alguns meses, a perda financeira será algo difícil para justificar a decisão

Portanto, mesmo com a ideia de competir com a Netflix e o Disney+ e criar o” maior serviço de streaming do mercado”, a decisão de fazer lançamentos no mesmo dia fracassou. A empresa estava perdendo tanto dinheiro que não fazia mais sentido para a AT&T manter a WarnerMedia e, em vez disso, fez com que ela se fundisse com a Discovery Inc. como forma de “castigo” e de “tentar uma recuperação financeira”, de acordo com a Variety.

Leia mais:

Inclusive, o CEO da AT&T, John Stankey, escolheu David Zaslav – que é o chefão da Discovery Inc desde 2007 – para assumir o comando da empresa combinada em vez do atual presidente da WarnerMedia, Jason Kilar. Coincidência? Pois é.

De qualquer forma, já está definido que os grandes lançamentos da Warner em 2022 irão voltar a sair antes no cinema. Este ano, a empresa afirma ter adotado a estratégia de estreias simultâneas dos filmes com o HBO Max por conta da pandemia de covid-19.

Fontes: CBR e Variety

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!