Já tendo, em outros momentos, apostado em adaptações de seus personagens para o mercado japonês, a Marvel tem feito o caminho inverso e levado elementos da cultura pop japonesa para seus quadrinhos. A editora, em parceria com a Bandai, anunciou uma nova série dos Vingadores inspirada nos tokusatsu: ‘Tech-On Avengers’. Programado para agosto nos EUA, o título tem roteiro de Jim Zub e arte de Jeff Cruz.

Leia mais:

publicidade

Aliás, um tokusatsu, para quem não está familiarizado com o termo, é nome de um gênero amplo de produções japonesas que envolvem efeitos especiais. Nesse balaio entram filmes e séries variadas, que têm subgêneros dentro no que se convencionou chamar de tokusatsu. De ‘Godzilla’ a ‘Ultraman’, passando por ‘Kamen Raider’ e ‘Changeman’, muita coisa se enquadra nesse filão.

A minissérie dos Vingadores em seis edições não é a primeira da Marvel a buscar influências no universo tokusatsu. Em 2017, por exemplo, a editora publicou a minissérie Monsters: Unleashed! (ou ‘Monstros à Solta!’, como foi chamada no Brasil), que colocou os heróis enfrentando criaturas gigantes à la Godzilla. Ainda nos anos 2000, a editora fez outro aceno ao Japão, com uma linha de quadrinhos chamada Mangaverse, inspirada nos quadrinhos japoneses, os mangás.

De acordo com a sinopse de ‘Tech-On Avengers’ divulgada pela Marvel, o Caveira Vermelha, tradicional inimigo do Capitão América, consegue eliminar os superpoderes dos Vingadores. Os integrantes da equipe, então, recorrem a uma tecnologia experimental desenvolvida por Tony Stark/Homem de Ferro, capaz de ampliar os poderes dos heróis a partir de uniformes especiais.

Homem de Ferro ilustra capa da primeira edição da revista
De acordo com a sinopse divulgada pela Marvel, Tony Stark criará armaduras para outros integrantes dos Vingadores. Crédito: Marvel/Divulgação

Aparentemente, todos eles devem acabar por ganhar um uniforme tecnológico ao estilo do Homem de Ferro, já que a sinopse também se refere ao grupo como Vingadores de Ferro. E é nessa parte que a parceria com a Bandai se faz mais clara, já que foi anunciada também uma linha de action figures da S.H.Figuarts, cujos detalhes devem ser anunciados em junho.

Quando o Homem-Aranha foi parar no Japão

Um dos mais populares heróis da Marvel, o Homem-Aranha foi a primeira aposta da editora ao tentar embarcar no mercado japonês, em que os comics norte-americanos não têm muito espaço. Na década de 1970 a editora chegou lançar um mangá do herói aracnídeo na visão do mangaká Ryoichi Ikegami (de ‘Mai, a Garota Sensitiva’), que durou poucos números.

Outra abordagem curiosa do herói foi a série tokusatsu exibida entre 1978 e 1979 no Japão, com uma versão do Homem-Aranha com direito até a robô gigante próprio. A inusitada produção, a propósito, foi tema de um dos episódios da série documental ‘Marvel 616’, disponível na Disney+. Confira o trailer:

Via: Bleeding Cool