A disputa judicial entre a desenvolvedora Epic Games e a gigante Apple está cada vez mais tensa. Nesta sexta-feira, Tim Cook, CEO da empresa da maçã, foi chamado para testemunhar em um tribunal na Califórnia. Ele foi rebater as acusações de que e Apple estaria abusando do poder que tem no mercado.

A desenvolvedora Epic Games, dona do jogo Fornite, questiona a comissão cobrada pela App Store que recolhe 30% de todas as compras feitas na loja de aplicativos e alega que a alta taxa fortalece o monopólio da Apple.

publicidade

Vale lembrar que a Epic chegou a implementar um sistema de pagamento próprio no Fortnite. A Apple não gostou, excluiu o jogo da loja de apps e foi aí que a briga começou de verdade.

Durante o julgamento, Cook reforçou o posicionamento da empresa de que comissões semelhantes são cobradas pela indústria de games, e que reduziu de 30 para 15% a comissão dos pequenos produtores de software.

No entanto, a Epic Games, afirma que o processo movido contra a Apple representa todo o setor de desenvolvedores, alguns dos quais, segundo ele, estão com muito medo de se manifestarem contra a gigante da maçã.

Após o testemunho de Tim Cook nesta sexta-feira, o julgamento deve se estender até a semana que vem. Mas o veredito final pode levar meses para ser definido.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!