O golpe ta aí, cai quem quer, né? Esse foi o caso de uma mulher em Shiga, no centro-sul do Japão, que foi surpreendida ao encomendar um PlayStation 5 (PS5) pela internet e, após meses de espera, receber duas garrafas de água no lugar do console da Sony.

De acordo com o site FNN, que apurou e divulgou as informações, a compradora teria pago o valor de 65 mil yen (pouco mais de R$ 3 mil, na cotação atual) pelo console. Lembrando que os preços do PS5 estão inflados no mundo inteiro por conta da falta de estoque do produto. No Japão, por exexmplo, o modelo com entrada para discos custa 49.980 ienes (R$ 2.460), enquanto a versão digital (que não conta com o drive ótico) sai por 39.980 ienes (R$ 1.970).

publicidade
ps5
Imagem mostra o PlayStation 5 dentro da caixa. Console deve ter mais jogos exclusivos que a geração anterior. Imagem: Girts Ragelis/iStock

A encomenda do PS5 aconteceu no início deste ano e a compradora estava ansiosa para receber o console. Após receber as garrafas de água ao invés do videogame, ela tentou entrar em contato com a vendedora e, com a falta de sucesso, a polícia foi acionada.

Questionada pelos investigadores, a vendedora de 41 anos afirmou que “enviou a caixa para a cliente”, mas que não se lembrava “qual era o conteúdo do pacote”. A acusada, que está desempregada, agora está presa por fraude e o processo segue em investigação.

Leia mais:

O PS5 segue em falta em todas as partes do mundo desde quando foi lançado, em novembro de 2020. De acordo com a Sony, empresa responsável pelo aparelho, os estoques seguirão baixos até o ano de 2022, por conta de problemas no fornecimento de certos componentes – como chips semicondutores -, causado pela pandemia de covid-19.

Mesmo com o fornecimento prejudicado, o console é um sucesso absoluto de vendas, e ficou próximo da casa de oito milhões de unidades vendidas no fechamento do primeiro ano fiscal – ou seja, em apenas quatro meses. Os números garantiram lucro recorde para a divisão de games da Sony, além de ser o PlayStation que vendeu mais rápido em seus primeiros cinco meses em toda a história.

No Brasil, que também enfrenta problemas com estoque do console, o modelo padrão (com leitor de discos) sai por R$ 4.699 mil, enquanto a versão digital custa R$ 4.199 mil. Em tempos de escassez, é comum encontrar unidades sempre bem mais caras do que o preço sugerido sendo revendidas em plataformas de negociação on-line. Por isso, é importante se atentar para as políticas de reembolso e proteção ao consumidor, para evitar golpes como o que aconteceu no Japão.

Fontes: fnn e Kotaku

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!