Um esqueleto com quatro metros de comprimento foi encontrado na praia da Barra do Una, em Peruíbe, município no litoral sul do estado de São Paulo, neste fim de semana. Os ossos são, provavelmente, de uma baleia enterrada no local há 12 anos.

O local em que o esqueleto foi achado fica a mais de 20 quilômetros do centro do município e é de difícil acesso. De acordo com o Portal G1, especialistas acreditam que a ossada pertencia a uma baleia-de-bryde, que foi enterrada na região em 2009. A certeza, porém, só chega através de uma série de análises e exames de DNA, por causa do estado de decomposição.

publicidade

Leia mais:

O animal, de 14 metros quando vivo, encalhou na Barra do Una já morto, por isso os restos mortais ficaram na praia do litoral paulista. Com o movimento do mar, o esqueleto do mamífero foi desenterrado. Moradores da região avistaram a carcaça e compartilharam imagens nas redes sociais.

A remoção da ossada, porém, ainda passa por avaliação. Como o local é uma área de preservação ambiental, a Estação Ecológica Jureia – Itatins, de responsabilidade da Fundação Florestal, institutos e organizações não governamentais (ONGs) que atuam na região avaliam como realizar a retirada.

Ossos da baleia foram desenterrados pela maré. Imagem: Reprodução/Redes sociais

Uma equipe do Instituto Biopesca, uma das entidades integrantes do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), é o responsável pela gestão da praia. Uma equipe do instituto foi enviada ao local para verificar a situação. Já a Prefeitura de Peruíbe não tem responsabilidade na averiguação do caso, por ser uma área da Fundação e do Biopesca.

A baleia

Mamíferos dessa espécie costumam viver em águas temperadas e tropicais quentes e podem chegar a 15,5 metros de comprimento. Filhotes de baleia-de-bryde têm cerca de quatro metros e pesam, em média, 680 quilos.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!