O que fazer para armazenar imagens após o fim da gratuidade do Google Fotos

Conforme noticiado pelo Olhar Digital, a partir de 1º de junho o Google Fotos limitará o upload de imagens em alta resolução para 15 GB. Depois disso, o usuário que desejar continuar utilizando o serviço deverá pagar por um armazenamento adicional no Google One.

O serviço em nuvem custará US$ 2 por mês para 100 GB de espaço, mas há também uma versão para armazenamento de 200 GB, que custará US$ 3.

Mas, vale lembrar, o limite é compartilhado entre a conta no Gmail e todos os documentos, slides e planilhas do Workspace. Portanto, é bom agilizar o backup dos seus arquivos.

Qualquer arquivo de alta qualidade carregado antes de 1º de junho não contará para o limite, dando tempo para iniciar o aplicativo e garantir que as fotos sejam enviadas para a nuvem.

Começando a faxina

Segundo disse o Google em novembro passado, estima-se que mais de 80% dos usuários não atingirão o limite de 15 GB por mais 10 anos. Portanto, se você for um deles, talvez não precise se preocupar em sair do serviço.

Como o total de 15 GB é dividido entre todos os serviços, o usuário pode remover arquivos desnecessários e e-mails grandes do Drive e do Gmail para liberar espaço. As imagens compactadas no Google Fotos ocupam cerca de 1 a 4 MB de espaço. Assim, é possível pode comprimir facilmente mais de 300 fotos por GB.

Veja como exportar um backup de sua conta do Google Fotos:

1- Acesse o Google Fotos pelo navegador web: https://photos.google.com e clique no botão de Configurações;

2 – Role para baixo até a seção “Exportar seus dados” e clique no botão “Mostrar mais”;

3 – Em seguida, clique em “Fazer backup”;

4 – Na tela seguinte, estará demarcado o item “Google Fotos”. Clique em “Próxima etapa”;

5 – Selecione a frequência de exportação, o tipo de arquivo a ser exportado (.zip ou .tgz) e o tamanho máximo de um arquivo. Clique em “Criar exportação”.

Poderá levar algumas horas para que o Google crie seus arquivos de backup. Você receberá um e-mail quando seus arquivos estiverem prontos para download.

Leia mais:

Escolha de um serviço alternativo

Com um plano ilimitado de armazenamento de fotos, o Google era a opção mais atraente do mercado, mas não é o único a oferecer esse serviço. A única desvantagem era que ele compactava as imagens para armazená-las na nuvem – mas a diferença de qualidade não era significativa para a maioria dos usuários.

Se você não tem milhares de fotos de alta qualidade, o Google Fotos ainda é uma boa escolha. Mas, se procura opções alternativas, você tem outros serviços, como Flickr e ImageShack, que oferecem armazenamento ilimitado de imagens, caso você seja um daqueles usuários com toneladas delas para armazenar.

Flickr é um dos aplicativos que oferecem armazenamento ilimitado de imagens e pode ser uma alternativa substituta do Google Fotos. Imagem: BigTunaOnline – Shutterstock

Abaixo, algumas alternativas para armazenar suas fotos e videos: