O esqueleto gigante encontrado na praia da Barra do Una, no litoral sul de São Paulo, desapareceu misteriosamente.

Entre as hipóteses levantadas pelos órgãos que estão investigando o caso, há a possibilidade de que a ossada possa ter sido parcialmente enterrada novamente, por conta do movimento da maré, ou que os ossos possam ter sido arrastados para o mar.

publicidade

Há também uma terceira hipótese, embora remota, de que alguém tenha retirado parte do esqueleto da faixa de areia.

Da ossada com aproximadamente quatro metros de comprimento, sobraram apenas duas vértebras e alguns ossos menores.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!