O Brasil está de volta ao ranking ‘top 10’ dos países com maior potência de energia solar. Hoje, esse setor corresponde a 1,7% de toda a matriz energética brasileira.

Na lista, liderada pela China, o Brasil ocupa a 9ª colocação. Em segundo lugar, estão os EUA, seguidos do Vietnã, Japão e Alemanha.

publicidade

Segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica e da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, em 2020, foram adicionados 3,2 gigawatts em novos projetos de geração solar no Brasil, com investimentos de 16 bilhões de reais.

Conforme o levantamento, cerca de 80% desse crescimento foi registrado em sistemas de geração distribuída e o restante, 20%, em sistemas de geração centralizada.

A expectativa é de que o país continue subindo na lista. Este ano os investimentos devem ser de 23 bilhões de reais.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!