Nos Estados Unidos (EUA), a Tesla está fazendo recall de quase 6 mil carros por um motivo, digamos, inusitado. Aparentemente, alguns carros elétricos estão com parafusos soltos. As informações são de um relatório interno da marca e foram divulgadas com exclusividade pela Reuters e pela CNBC,

O recall abrange 5,974 veículos Model 3 (de 2019 a 2021) e Model Y (de 2020 a 2021). Em documento enviado à National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), órgão responsável pela administração de vias nos EUA, a montadora de Elon Musk destacou que tal medida é “meramente preventiva” e que, até ao momento, “não foi detectado qualquer acidente que tenha sido causado por este fator”.

publicidade
Redução de preços do Model 3 e Model Y ajudaram a Tesla com aumento de lucro. Imagem: TESLA/Divulgação
Model 3 e Model Y. Imagem: TESLA/Divulgação

“No máximo, o que pode acontecer em matéria de acidentes graves é que um parafuso pode soltar da pinça de freio e cortar um pouco do aro da roda, reduzindo assim a pressão do pneu. No entanto, é muito pouco provável que aconteça”, esclarece o relatório enviado à NHTSA.

Ainda de acordo com a empresa, os veículos passarão por rigorosa inspeção para ver se é realmente necessário apertar os parafusos das pinças de freio, embora não esteja claro quando a Tesla começará a alertar oficialmente os proprietários sobre quando ocorrerá o recall.

Leia mais:

Essa não é a primeira vez que a Tesla avisa notifica proprietários sobre automóveis que apresentaram defeitos em 2021. Em janeiro, a montadora fez recall de mais de 158 mil Models S e X com falha em displays. Um mês depois, outros 135 mil carros com problemas na memória do sistema de entretenimento passaram por manutenção. Em abril, outra chamada de emergência (feita de forma on-line) – agora por conta da aplicação errada de uma cola na produção de cerca de 7 mil veículos

Fontes: Engadget, Reuters e CNBC

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!