A SpaceX vai levar mais três voos tripulados privados da Axiom Space à Estação Espacial Internacional (ISS), a bordo da cápsula Crew Dragon. O anúncio foi feito pelas duas empresas nesta quarta-feira (2). Antes, a Axiom Space já havia reservado um voo na espaçonave para o laboratório.

O primeiro voo já marcado deve acontecer apenas em janeiro de 2022. Na missão Ax-2 para a estação na órbita da Terra, Peggy Whitson, ex-astronauta da Nasa, irá comandar o voo. Assim como essas duas viagens, a Ax-3 e a Ax-4 serão feitas junto à SpaceX. Todas as missões devem ser lançadas até 2023.

publicidade

Leia mais:

As empresas, porém, não revelaram detalhes financeiros do contrato. “Estamos muito entusiasmados com a construção de nossa parceria com a Axiom para ajudar a tornar os voos espaciais humanos mais acessíveis para mais pessoas. Uma nova era no voo espacial humano está aqui”, disse a presidente e chefe de operações da SpaceX, Gwynne Shotwell.

Se tudo ocorrer conforme o planejado, a Axiom pretende lançar um módulo privado para a ISS em 2024. Quatro anos depois, esse módulo deve estar pronto para voar livremente como base de um posto avançado em órbita de propriedade privada. Isso porque a ISS tem aprovação para continuar operando até o final de 2024, com extensão até o final de 2028.

Estação Espacial Internacional fotografada por membros da Expedição 56 a partir de uma cápsula Soyuz em seu retorno à Terra
A Estação Espacial Internacional já recebeu turistas, entre 2001 e 2009. Imagem: Nasa/Roscosmos

“Estamos no caminho certo para possibilitar esse futuro, gerenciando as primeiras missões privadas para a ISS como um precursor para o nosso desenvolvimento da primeira estação espacial comercial do mundo”, destacou o presidente e CEO da Axiom, Michael Suffredini.

A missão Ax-1 será o primeiro voo tripulado totalmente privado da SpaceX para a Estação Espacial, mas não o primeiro voo turístico para a ISS. Entre 2001 e 2009, sete pessoas fizeram oito viagens até o laboratório em órbita a bordo da espaçonave russa Soyuz.

Via: Space

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!