‘Mestres do Universo: Salvando Etérnia’, nova série animada de He-Man na Netflix, deverá ter um tom mais maduro que o programa original. A informação foi feita pelo showrunner da atração, o cineasta Kevin Smith (‘O Balconista’), em entrevista ao Gizmodo. Apesar da proposta mais adulta, a animação seguirá sendo destinada à toda a família, reforçou Smith. A estreia será no dia 23 de julho.

Leia mais:

publicidade

Segundo o showrunner, a decisão de tornar a animação mais sóbria tem a ver com o público-alvo: pessoas que acompanharam o desenho animado original, nos anos 1980. “E eu certamente não quero dizer que eles falarão sobre sexo”, brincou Smith. “Não mesmo, não há sexo de maneira alguma”, reforçou.

Smith também fez questão de frisar que o novo desenho, que continua a história de onde a série antiga parou, não se propõe a reinventar franquia da mesma maneira como ocorreu com She-Ra na recente releitura da Netflix. “[Essa versão de] ‘She-ra’ alcançou muito mais gente do que provavelmente alcançaria se eles tivessem mantido a fórmula original. Mas, mesmo à época, ‘She-Ra’ nunca foi tão famosa quando ‘He-Man e os Mestres do Universo'”, pontua.

Gorpo, Andra, Teela, Roboto e Maligna lado a lado. em cena do episódio 3.
Personagens ganharam novos visuais, respeitando a essência do design original. Crédito: Netflix/Divulgação

“Sendo honesto, eu não teria aceitado o trabalho se me dissessem para reinventar ‘He-Man e os Mestres do Universo”’, admitiu Smith. “Eu realmente não sou tão criativo. Eu não seria o cara que você escolheria para reinventar algo”, observou.

Kevin Smith, por outro lado, se considera adequado para “continuar com amor, fiel à franquia e apenas amadurecer um pouco os personagens, para que suas conversas sejam mais direcionadas aos adultos”. Ainda segundo o cineasta, o desejo da produção é garantir fan service para o público saudosista.

O revival de He-Man

“É como um episódio seguinte”, diz sobre a linha temporal do novo programa conectada à animação clássica. “É uma continuação daquela história, estamos utilizando a mesma mitologia e personagens, revisitando e aprofundando tramas não resolvidas”, explicou Kevin Smith.

Com cinco episódios, ‘Salvando Etérnia’ dá continuidade aos eventos posteriores à última batalha entre He-Man e Esqueleto, com Etérnia fraturada e os Guardiões de Grayskull espalhados pelo planeta. Depois de décadas, Teela deve reunir o bando de heróis e resolver o mistério da desaparecida Espada do Poder e prevenir o fim do universo.

O elenco de dubladores conta com Chris Wood (Príncipe Adam/He-Man), Mark Hamill (Esqueleto), Lena Headey (Maligna), Sarah Michelle Gellar (Teela), Alicia Silverstone (Rainha Marlena), Liam Cunningham (Mentor) e outros.

Via: Gizmodo

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!