Veio aí! O Model S Plaid, versão mais poderosa do modelo topo de linha da Tesla, foi anunciado oficialmente. O novo veículo elétrico da montadora de Elon Musk não apenas ficou mais rápido – tanto em velocidade quanto em carregamento -, mas também ganhou um novo interior e um sistema de entretenimento a bordo que rivaliza com consoles (sim, é sério).

O modelo foi revelado oficialmente em evento realizado nesta quinta-feira (10) em Fremont, na Califórnia (EUA), pelo próprio CEO – que chegou à apresentação dirigindo o veículo. As primeiras 25 unidades do Model S Plaid, inclusive, já foram entregues aos proprietários e o veículo está disponível para compra no site oficial da Tesla.

publicidade
Novo Model S Plaid é o carro mais rápido - e caro - da Tesla. Imagem: Youtube/Reprodução
Novo Model S Plaid é o carro mais rápido – e caro – da Tesla. Imagem: Tesla/Divulgação

E o que há de novo no veículo mais poderoso, rápido e caro da Tesla? Bem, o design está praticamente inalterado, mas o Model S Plaid pode atingir uma velocidade de 320 km/h – algo mais prático, segundo a montadora, se utilizar os pneus especiais, que podem ser comprado apenas a partir de setembro. O elétrico também é capaz de alcançar 100 km/h em 1,99 segundos e, conforme o próprio Musk afirmou, “cobre um quarto de milha (402 metros) em apenas 9,23 segundos a uma velocidade de 248 km/h”.

O CEO explicou durante a apresentação (veja, na íntegra, ao fim da matéria) que para melhorar as características de torque dos motores elétricos, foi necessário desenvolver uma tecnologia “para revestir o enrolamento de cobre do rotor com fibra de carbono”. A tarefa não foi fácil, visto que os dois materiais possuem coeficientes de dilatação térmica diferentes, portanto o isolamento foi produzido para ter uma forte tensão prévia. Isso tudo para desenvolver um veículo com três motores elétricos equipados, que produz potência total de 1020 cavalos.

Sobre as baterias de tração, o Tesla Model S Plaid possui uma melhor aerodinâmica, algo que permite que economia e velocidade mais impressionante sejam alcançados. A surpresa da apresentação foi uma bomba de calor modificada, que atua na mecânica do elétrico para uma redistribuição mais eficiente da energia térmica. Ou seja, o motor do Tesla gera calor durante o funcionamento e pode ser usado tanto para aquecer os bancos do carro quanto para o desempenho do mesmo. E mais: a bomba de calor pode aumentar o alcance do novo Model S em 30% no inverno, assim como reduzir os custos de energia em até 50% “sem perder a eficiência”, conforme dito pelo CEO.

Especificações do Model S Plaid. Imagem: Tesla/Reprodução
Especificações do Model S Plaid. Imagem: Tesla/Reprodução

E, claro, o carregamento do carro também foi aprimorado. Agora, o Tesla Model S Plaid é capaz de repor 300 km de energia em somente quinze minutos. E a autonomia? De impressionantes 627 km com uma carga completa. Ainda de acordo com Musk, a Tesla está produzindo uma versão com bateria estendida (de 663 km), que será comercializada “ainda em 2021″. “Temos que mostrar que um elétrico é o melhor carro, sem dúvida”, afirmou o executivo no evento. “Tem que ficar claro [que] carros de energia sustentável podem ser os mais rápidos, os mais seguros [e] podem ser os mais incríveis em todos os sentidos”.

Já o interior do novo Model S ficou mais espaçoso devido aos assentos redesenhados da primeira e segunda fileira, além da implementação de três monitores interativos high-tech e uma central de entretenimento com 17 polegadas. Diferente dos Model 3 e Y, a interface do topo de linha passou por uma reestilização, e agora o motorista tem a capacidade de customizar os aplicativos e conteúdos dentro do painel de acordo com a preferência, arrastando e soltando na tela somente o necessário para a viagem. Já os passageiros do banco de trás podem ser divertir com jogos – tipo ‘The Witcher 3’ e ‘Cyberpunk 2077‘, acredita? – em seu próprio display, embutido na parte traseira do console central. O recurso também carrega smartphones sem a necessidade de fio (wireless).

Interior do Model S Plaid. Imagem: Tesla/Reprodução

Durante o evento, o CEO elogiou o desempenho dos jogos rodando dentro do Model S Plaid – que usa uma GPU AMD RDNA 2, a mesma encontrada dentro do Playstation 5 (PS5). Em breve demonstração, ele mostrou o ‘Cyberpunk’ rodando no “videogame dentro do carro”.

Musk ainda garantiu que, no próximo trimestre, a Tesla será capaz de produzir mil Model S Plaid por semana, mas por enquanto, os volumes de produção estão limitados a algumas centenas de unidades a cada sete dias. O preço do veículo é de US$ 130 mil (algo em torno de R$ 660 mil). Assista abaixo a apresentação completa do novo elétrico da Tesla para mais detalhes:

Leia mais:

Fontes: The Verge e Electrek

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!