Além dos serviços tradicionais, um salão de beleza em Dubai decidiu inovar em meio à pandemia com um produto inusitado: um “microchip” colado sobre as unhas das clientes.

Segundo Nour Makarem, fundadora do salão Lanour Beauty Lounge, os chips podem substituir cartões de visitas e ser programados com a informação que a cliente quiser, como “nome, número de telefone, links para redes sociais ou páginas web, etc”.

publicidade
Detalhe de uma etiqueta NFC como as usadas por Nour. Tecnologia dispensa baterias. Imagem: Newbega / Reprodução

As “unhas inteligentes” de Nour podem ser lidas, e regravadas, com um smartphone comum com suporte a NFC, tecnologia cada vez mais comum tanto em aparelhos Android quanto nos iPhones, do 6 em diante.

Leia mais:

Os chips são pequenas etiquetas NFC (tags), com 5 x 5 mm, que são coladas à unha. Depois, é possível aplicar esmalte por cima normalmente. Etiquetas NFC funcionam sem uma fonte de energia conectada a eles, já que se alimentam dos próprios sinais de rádio emitidos durante a comunicação com um smartphone

Depois que a etiqueta é colada à unha, é possível aplicar esmalte normalmente. Imagem: CNN / Reprodução

É a mesma tecnologia embutida em smartphones que possibilita sistemas de pagamento como o Apple Pay ou o Google Pay, e que também é usada em cartões de transporte, crachás e outras formas de transmissão de informações “sem contato”. Ou seja, a novidade aqui é o uso, não a tecnologia em si. 

A empresária afirma que o conceito pode ser expandido para outros usos, como colocar um cardápio na unha de uma garçonete, ou mesmo em sistemas de pagamento sem contatos. Em declaração à CNN, Makarem afirma que seu salão já instalou mais de 500 chips em suas clientes.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!