A partir de hoje (18), jovens com mais de 18 anos e sem comorbidades podem se cadastrar para receber a “xepa” das vacinas contra a Covid-19 na cidade de São Paulo. A decisão foi tomada na tarde da última quinta-feira (17) pela Secretaria Municipal de Saúde.

A xepa é como chamam a aplicação das doses que sobram ao final do dia nas UBS (Unidades Básicas de Saúde) e nos postos de vacinação. Para se cadastrar na capital e entrar na fila é só ir até um posto de saúde mais próximo com um documento de identidade com foto, como RG e CNH, e com um comprovante de residência.

publicidade

As pessoas que se inscreverem na lista de espera da xepa serão convocados para evitar o desperdício de doses, sendo assim, quando houver frascos abertos na unidade após o horário regular de vacinação.

Além disso, em condição de xepa, é proibido descartar qualquer dose de vacina, por este motivo, os funcionários anotam o nome e telefone das pessoas. Portanto, se sobrar alguma dose, eles ligam para os inscritos e os convidam para tomar o imunizante.

Caso a pessoa preferir, é possível verificar como estão as filas nos pontos de vacinação a partir do sistema De Olho na Fila. De acordo com o último balanço do governo do estado de São Paulo, foram aplicadas na capital paulista 5,94 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19, em que 1,64 milhões da segunda dose da imunização.

Na cidade de São Paulo, começaram a ser vacinadas entre 52 e 53 anos. No próximo domingo (19) inicia a vacinação para quem tem de 50 a 51 anos de idade.

Leia também:

Insumos para produzir 10 milhões de doses chegam em junho

Além da fila da xepa para as pessoas se vacinarem, em coletiva de imprensa no Instituto Butantan nesta sexta-feira (18), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que o estado vai receber, no dia 26 de junho, um novo lote com 6 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), necessário para a produção da vacina CoronaVac.

De acordo com Dimas Covas, diretor do Butantan, a carga de insumos permitirá a produção de 10 milhões de doses da vacina, previstas para serem entregues até 15 de julho.

Para saber mais, acesse a reportagem no Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!