A Nasa segue tentando solucionar o problema técnico que deixou o telescópio espacial Hubble fora do ar. Segundo a agência espacial norte-americana, um problema no computador de carga foi detectado último dia 13.

“A Nasa continua trabalhando para resolver um problema com o computador de carga útil do telescópio espacial Hubble, que parou em 13 de junho. Lançado em 1990, o Hubble contribuiu muito para a nossa compreensão do Universo nos últimos 30 anos”, disse a agência em post publicado no perfil oficial do Hubble no Twitter.

publicidade

O objetivo do computador de carga útil é controlar e coordenar os instrumentos científicos e monitorá-los para fins de saúde e segurança. Foi feita uma tentativa de mudar para um módulo de memória de backup, mas o procedimento falhou.

Leia mais:

Hubble já havia apresentado problemas em março

Em março, o time de controle da missão já havia levado um susto com uma falha de hardware do instrumento, que também suspendeu temporariamente as observações.

A tecnologia para o computador de carga útil remonta à década de 1980 e foi substituída durante o trabalho de manutenção em 2009.

Lançado em 1990, o Telescópio Espacial Hubble revolucionou o mundo da astronomia e mudou nossa visão do universo ao enviar imagens do sistema solar, da Via Láctea e de galáxias distantes.

Novo telescópio será mais poderoso do que o Hubble

Um novo e mais poderoso dispositivo, chamado James Webb Space Telescope, está programado para ser colocado em operação no final deste ano.

O lançamento, que está anos atrasado, será feito a partir da Guiana Francesa usando um foguete europeu Ariane. O adiamento mais recente foi de duas semanas, resultado de problemas no processamento do foguetes.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!