Você confiaria o transporte da sua encomenda a uma van sem motorista? Isso é o que a Ford quis saber com um novo programa de pesquisa de veículos autônomos iniciado na Europa. Em parceria com uma das principais empresas de entregas do continente, a Hermes, a montadora realizou testes reais de coleta e entrega com uma van Transit autônoma.

O objetivo foi avaliar as soluções das tecnologias de veículos com direção autônoma, e a interação nas ruas e com as pessoas. Com apenas duas semanas de realização, o estudo já mostrou que duas vans autônomas e oito entregadores são mais eficientes, rápidos e sustentáveis que seis carros ou motos convencionais.

publicidade

Nos testes, existe um motorista comandando a van, mas ele está oculto. A operação é de responsabilidade dos entregadores a pé, que utilizam um aplicativo no celular para chamar o veículo e destravar o compartimento de carga.

O mensageiro é orientado por comandos de voz e telas digitais ao armário com os pacotes a serem entregues.

Com a tecnologia, a montadora afirma que a existência de um motorista não vai ser mais necessária, e os entregadores podem realizar o restante da operação a pé.

A Ford deve investir 7 bilhões de dólares no desenvolvimento de veículos autônomos até 2025.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!