Na cidade de Nova York, a Comissão de Táxis e Limusines (TLC) votou pelo bloqueio de novas licenças de veículos elétricos de aluguel. A decisão frustra a Revel, startup de mobilidade conhecida pela frota de scooters elétricas. A empresa planejava uma frota de 50 táxis Tesla Model Y.

As razões pelo veto, porém, são imprecisas. Normalmente, é difícil conseguir uma licença de motorista de aluguel e táxi em Nova York. A Revel planejava, então, aproveitar a isenção para veículos elétricos, objetivando acelerar a adoção dos EV na cidade.

publicidade

Leia mais:

Logo que os planos da Revel com a frota de Tesla foram revelados, o órgão de controle anunciou o fim da isenção. Aloysee Heredia Jarmoszuk, presidente da TLC, destacou a preocupação com o aumento dos engarrafamentos da cidade.

“Não é sustentável permitir que um número ilimitado de veículos novos circule em uma cidade que está muito familiarizada com o congestionamento do tráfego. O que não permitiremos é a oportunidade para outra empresa – capitalistas de risco ou não – inundar nossas ruas com carros adicionais”, disse.

Agora, a TLC sugere que a Revel compre licenças de táxis movidos a gasolina. O órgão afirma que a empresa pode operar se comprar os 50 carros a gasolina e trocar as licenças pelas de veículos elétricos. Foram 5 votos a 1 para encerrar a isenção. Apenas um representante do Bronx, ativista, apoiou a implantação dos carros sem emissão.

revel25
A revel iniciou a frota no começo deste ano. Imagem: Divulgação

Frank Reig, CEO da Revel, não poupou críticas à comissão. Ele destacou que a empresa oferece algo que a TCL pede há anos, como tratamento justo e pagamento estável para motoristas e um plano para impulsionar a adoção de veículos elétricos na cidade.

“Os comissários assistiram a quase três horas de depoimentos de todos os lados, mas sem fazer nenhuma pergunta e sem gastar nenhum tempo deliberando antes de tomar uma decisão política com profundas consequências”, disse Reig, em comunicado.

A Revel, no começo deste ano, iniciou os esforços para montar a frota de táxis Tesla Model Y. A startup modificou o veículo, adicionando uma tela ao banco traseiro e removendo o banco do passageiro da frente, aumentando o espaço para pernas.

Via: The Verge / Electrek

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!