Relatório anual divulgado pelo conglomerado inglês Kantar mostra que as empresas de tecnologia chinesas estão ganhando cada vez mais mercado no mundo. Segundo o estudo, o valor total das 100 marcas globais mais valiosas aumentou 42%, atingindo o recorde de US$7 trilhões, mostrando uma rápida recuperação diante da crise imposta pela pandemia.

No relatório intitulado ‘Brand Z’ libera o ranking a Amazon, seguida pela Apple, Google e Microsoft. O valor é calculado pelas ações das empresas negociadas no último ano. 

publicidade

Arrancada chinesa no relatório top 100 marcas mais valiosas

O destaque do relatório divulgado nesta quarta-feira (23) é a arrancada das empresas chinesas de tecnologia, como os grupos Tencent, que controla o WeChat e Alibaba. Eles estão na quinta e sétima colocação entre as top 100, inclusive ficando a frente do Facebook, que figura na sexta colocação. 

O fenômeno chinês Tik Tok entrou na lista das marcas mais valiosas do mundo e já figura na posição 45, avaliado em US$45 bilhões. Imagem: Nattakorn_Maneerat / Shutterstock

O Tik Tok, a nova estrela chinesa que está bombando, conhecido como Douyin por lá, entrou na lista e já está na posição 45, sendo avaliado em US$ 45 bilhões. O e-commerce Pinduolo, outro fenômeno chinês, já está na colocação número 81 e vale US$ 22 bilhões, demonstrando o boom das vendas online. 

No total das empresas divulgadas pelo relatório, os Estados Unidos ainda dominam com 56 companhias na lista contra 18 chinesas, mas o crescimento chinês foi bem maior em comparação às edições anteriores, sendo um ponto favorável na disputa entre ambos os países.    

Gigantes da tecnologia

Mais uma vez, a Amazon de Jeff Bezos se manteve na primeira posição, sendo a mais valiosa do mundo, com um crescimento de 64%, orçada em US$ 684 bilhões. Somente em 2020, o valor de mercado da gigante da tecnologia aumentou US$ 268 bilhões, sendo uma potência que só cresce desde a primeira entrada no ranking, registrada em 2006. 

Leia mais:

Ao lado da Apple, que está na segunda posição, a Amazon se tornou a primeira marca de meio trilhão de dólares. A Tesla do bilionário Elon Musk ficou na quadragésima sétima colocação, sendo a companhia que obteve o crescimento mais rápido. Hoje, a empresa é a marca mais valiosa de automóveis do mundo, com um aumento de 275%, passando a valer US$43 bilhões.  

Estreantes no ranking das marcas top 100 

Neste ano, 13 novas empresas estrearam no ranking das mais valiosas do mundo. Entre elas, estão a Nvidia, que ficou na décima segunda posição, avaliada em US$105 bilhões, Zoom, AMD e Spotify. 

O estudo concluiu ainda que o bom resultado é fruto das empresas que fazem investimentos estratégicos a longo prazo, principalmente em marketing e construção de marca, pontos essenciais que garantiram a melhora mesmo diante da pandemia.  

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!