John McAfee, criador do antivírus McAfee, foi encontrado morto na tarde desta quarta-feira (23), em sua cela, na prisão de Brians 1, em Sant Esteve de Sesrovires, Barcelona. A polícia investiga o caso, mas, ao que tudo indica, segundo o Departamento de Justiça, o empresário cometeu suicídio.

A informação da morte de John McAfee foi divulgada pelo jornal El País. O criador do conhecido antivírus, de 75 anos, foi preso no aeroporto El Prat, na Espanha, ao tentar embarcar para Istambul, na Turquia, em 3 de outubro do ano passado. O pedido de prisão partiu da justiça dos Estados Unidos e a ordem foi assinada pelo juiz José de la Mata, do Tribunal Nacional.

publicidade

Leia mais:

Ele estava no módulo 1 da prisão e foi encontrado morto por profissionais de vigilância do local. Ainda de acordo com o Departamento de Justiça, os médicos em serviço na penitenciária tentaram realizar manobras de reanimação, mas não conseguiram salvar McAfee.

O empresário aguardava a extradição, que já estava marcada, para os EUA por sonegação de impostos. Lá, ele é acusado de sonegar milhões de dólares em impostos sobre lucros. Os valores foram supostamente obtidos no comércio de criptomoedas.

produtos da mcafee
McAfee é o criador do antivírus com o seu nome. Crédito: dennizn/Shutterstock

De acordo com a acusação, McAfee usou diversos métodos para evitar o pagamento dos impostos, incluindo o direcionamento de pagamentos para contas de outras pessoas, contas de criptomoedas, imóveis, um iate e um veículo não identificado em nome de outros.

John McAfee era indiciado por, propositalmente, não apresentar declarações de impostos entre 2014 e 2018. Caso tivesse vivido para ser condenado, o empresário poderia pegar até cinco anos de prisão para cada uma das cinco acusações de evasão fiscal, e até um ano para cada uma das cinco acusações de não declaração de impostos, com o total chegando a 30 anos.

Além do indiciamento de McAfee, o segurança e conselheiro de finanças dele, Jimmy Gale Watson Jr., também está envolvido no caso.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!