O Google é o maior buscador do mundo, no entanto, isso não significa que todos os resultados de pesquisa feitos na plataforma sejam confiáveis. Isso ocorre pois, o principal fator para classificar o conteúdo é a relevância, o que pode eventualmente mostrar sites com informações falsadas.

Agora, o Google deve dar uma atenção especial para as notícias. Isso porque esse conteúdo muda de maneira muito rápida nos resultados, o que torna a aba ainda mais fácil de ser contaminada com conteúdo falso. Para evitar isso, a gigante das buscas deve adicionar selo em alguns resultados.

publicidade

Pesquisa no Google

Segundo o site Recode, o Google considera que a aba de notícias de última hora sobre um tema pode ser usada por sites de fake news ou com conteúdo pouco confiável. Isso inclui ainda sites que criam matérias apenas com títulos, sem muito conteúdo. Eventualmente, o algoritmo deve remover isso dos resultados, mas durante algum tempo eles devem ser exibidos, nesse caso, antes que haja uma confirmação, um selo deve estar presente, informando que aquele conteúdo não foi verificado ainda e sugerindo que o usuário faça uma pesquisa mais tarde.

Leia mais:

“Embora a Pesquisa Google apresente sempre os resultados mais úteis que podemos fornecer, às vezes as informações confiáveis ​​que os utilizadores procuram simplesmente ainda não estão online”, explica a empresa. “Isso pode ser particularmente verdadeiro para notícias de última hora ou tópicos novos, quando as informações publicadas primeiro podem não ser as mais confiáveis”, completou.

No momento, o selo nos resultados de pesquisa pouco confiáveis do Google está disponível apenas nos Estados Unidos como teste. No futuro isso deve ser levado para outros países.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!