Os veículos zero emissão começam a se difundir pelo mundo, mas a forma de transporte sustentável ainda não é a mais popular do mundo. Os carros perdem para as bicicletas elétricas quando o assunto é popularidade. Os transportes de duas rodas têm mais altas taxas de adoção.

Mesmo sem oferecer as velocidades ou autonomia dos carros elétricos, as bicicletas têm outras vantagens. Elas têm um custo menor, oferecem viagens urbanas mais rápido, por não enfrentar engarrafamento, e ainda usufruem de estacionamento gratuito.

publicidade

Leia mais:

Com essas qualidades, as bicicletas elétricas sobem nas vendas, muito mais massivamente que os carros elétricos em todo o mundo. O transporte funciona de maneira semelhante às bicicletas de pedal, mas se beneficiam do motor elétrico para auxiliar os ciclistas a percorrerem maiores distâncias com menor esforço.

Europa e Ásia têm as melhores taxas de vendas das e-bikes, mas os Estados Unidos também registrou um bom resultado. Em 2020, o país norte-americano venceu mais de 600 mil bicicletas elétricas. Isso representa um veículo do tipo a cada minuto ao longo do ano passado, fazendo com que as e-bikes superassem os carros elétricos em dois para um no local. No Reino Unido, por exemplo, 160 mil foram vendidas no mesmo período, contra 108 mil carros elétricos.

Bicicleta elétrica. Imagem: Spic/Shutterstock, Inc./Reprodução
Bicicletas elétricas superam venda de carros elétricos nos EUA e deve superar carros em geral na Europa até o final da década. Imagem: Spic/Shutterstock, Inc./Reprodução

Mesmo sendo mais baratas que os carros, vale lembrar que nos EUA as bicicletas não têm os mesmos incentivos fiscais estaduais e federais. Lá, os veículos de duas rodas não recebem crédito de imposto federal. O Congresso, porém, está com a pendência de mudar a legislação. Se aprovada, será ainda melhor para as e-bikes.

Outro fator que fez o aumento das vendas das bicicletas foi a pandemia da Covid-19, de acordo com o site Electrek. Contudo, aconteceu em um momento que a taxa e adoção do transporte já mostrava tendência de crescimento. Até o final da década, a Europa deve vender mais bicicletas elétricas do que carros em geral, não só os com zero emissão de carbono.

Via: Electrek

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!