O canal HBO cancelou ‘Lovecraft Countryapós uma única temporada. A série foi aclamada pela crítica, recebendo inúmeras indicações a prêmios e se tornando um sucesso em meio ao lockdown em vários países. Por meio das redes sociais, a criadora e roteirista Misha Green compartilhou que existiam ideias e planos para um novo ano.

De acordo com Green, a nova temporada mostraria os Estados Unidos (que, na continuação, se chama Os Soberanos Estados da América) divididos em quatro regiões (confira abaixo) – uma das quais seria dominada por zumbis. “Uma amostra da ‘Bíblia’ [guia do roteiro]. Esperava que a gente pudesse trazer para vocês ‘Lovecraft Country: Supremacia’. Obrigado a todos que assistiram e engajaram”, escreveu ela.

publicidade

Os “novos EUA” em ‘Lovecraft Country’ seriam divididos em quatro regiões: As Nações Tribais do Oeste, as Terras Brancas, A Nova República Negra e a Jefferson Commonwealth. “Whitelands é um território completamente dominado por zumbis. A maioria deles é lerda, mas algumas regiões têm zumbis rápidos também. Um preço do feitiço ‘da Origem’ foi a criação da população zumbi”, explicou ela.

“Anos após a epidemia, uma força-tarefa foi organizada para isolar os zumbis em uma locação só, no centro da América. As Whitelands agora funcionam como uma fronteira perigosa entre o Sul, Oeste e territórios do Norte”, completou Green.

Conforme divulgado pela revista Deadline, a HBO não gostou da premissa do novo ano, que afastaria radicalmente a trama da história do livro adaptado na primeira (e agora) única temporada – estrelada por Jonathan Majors, Jurnee Smollett-Bell e Courtney B. Vance e produzida por J. J. Abrams e Jordan Peele .

Courtney B. Vance, Jurnee Smollett e Jonathan Majors em 'Lovecraft Country'. Imagem: HBO/Divulgação
Courtney B. Vance, Jurnee Smollett e Jonathan Majors em ‘Lovecraft Country’. Imagem: HBO/Divulgação

‘Lovecraft Country’ mistura terror, fantasia, ficção científica e drama de época para abordar temas que vão desde comentários sociais à cultura pop. No enredo, Atticus Freeman (Jonathan Majors) viaja pelos EUA da década de 1950 – regido pelas leis segregacionistas – em busca do seu pai desaparecido. A viagem, realizada na companhia da sua amiga Letitia (Jurnee Smollett-Bell, maravilhosa) e do seu tio George (Courtney B. Vance), exige uma luta pela sobrevivência tanto em frente aos horrores racistas da “América Branca”, como dos monstros assustadores que parecem terem saído de contos de terror.

Sua qualidade inegável e os movimentos contra a violência policial contra negros nos EUA, que estavam em alta por meio do “Black Lives Matter” na época, ajudaram a produção a ter uma audiência de mais de 1,5 milhão de telespectadores no seu season finale. ‘Lovecraft Country’ guarda, desde então, o recorde de episódio mais assistido de uma série original no HBO Max.

Jurnee Smollett and Jonathan Majors in Lovecraft Country (2020)
Jurnee Smollett and Jonathan Majors in Lovecraft Country (2020). Imagem: HBO/Divulgação

Em comunicado oficial, o HBO elogiou a “dedicação e arte do talentoso elenco e equipe, e a Misha Green, que elaborou esta série inovadora”, mas que, “infelizmente, é improvável que vejamos [a continuação] de Lovecraft Country”, a menos que um acordo possa ser feito com outra rede, quem sabe.

Talvez o cancelamento teria ocorrido seja por causa do excesso fluxo de mídia relacionada a zumbis nos últimos anos, considerando que temos ‘The Walking Dead’, ‘Army of the Dead’, dois novos programas de ‘Resident Evil‘ e a série ‘The Last Of Us‘ – que está sendo produzida pelo HBO? Bem, isso é especulação, todavia, é uma pena não ver a visão de Green ganhar vida.

Leia mais:

Fonte: Games Radar

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!