No final de junho foi descoberto um bug no iOS que desativava a interface Wi-Fi de um iPhone se ele tentasse se conectar a uma rede sem fios com um nome (SSID) muito específico: “s% s% s% s% n”. Em aparelhos afetados, era necessário redefinir as configurações de rede para restaurar o Wi-Fi ao funcionamento normal.

Neste fim de semana, o pesquisador de segurança Carl Schou encontrou outro bug similar. Segundo ele, conectar um iPhone a uma rede chamada %secretclub%power também desabilita o Wi-Fi de um iPhone.

publicidade

Em comum com o bug anterior há a presença dos caracteres %s e %p no nome da rede, o que indica que a causa é um erro de formatação de strings (uma sequência de caracteres): o iOS pode estar interpretando estas sequências de caracteres como algum tipo de “comando” em vez de literalmente como texto.

O pesquisador não informou se o bug afeta apenas aparelhos com o iOS 14 ou se também está presente em versões mais antigas do sistema. Schou diz que, apesar de similar ao anterior, o novo bug é mais severo. Basta o iPhone estar ao alcance da rede com o nome malicioso para que o Wi-Fi seja desabilitado. Anteriormente, era necessário se conectar à rede.

Leia mais:

A solução também é mais difícil: Schou afirma que reiniciar o aparelho ou redefinir as configurações de rede não resolve. De acordo com o site 9to5Mac, a única forma de restaurar o Wi-Fi em um iPhone afetado é fazendo uma restauração de fábrica, ou seja, “formatando” completamente o smartphone, o que acarreta na perda de todos os dados e apps instalados.

O pesquisador afirma ter entrado em contato com a equipe de segurança de dispositivos da Apple, mas que ainda não teve resposta. Até que uma correção esteja disponível, uma precaução é manter o Wi-Fi desativado em locais que você não conhece. Afinal, nunca se sabe quando um “espírito de porco” pode estar por perto querendo se divertir à custa dos outros.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!