Nesta quarta-feira (14), o presidente Jair Bolsonaro deu entrada no hospital após sofrer fortes dores abdominais e uma crise de soluço durante dias. Mas o que pode causar essa condição?

Segundo o Ministério da Saúde, soluço persistente pode ser o sintoma de um problema mais grave, e não a causa. Para ser considerado duradoura, a condição precisa continuar por mais de 48 horas. Entre as causas listadas pelo órgão estão refluxo, distensão do estômago e até mesmo cirurgias para implantes dentários.

publicidade

Soluço persistente de Bolsonaro

Para entender a causa de um soluço persistente, são necessários exames complementares como de sangue, ressonância magnética, broncoscopia, endoscopia, teste de função pulmonar, entre outros. No caso de Bolsonaro, o presidente relatou que estava com soluço há cerca de 11 dias.

Leia mais:

De acordo com o Hospital Proncor, soluços persistentes podem ser causados por fatores como: má digestão, que também pode ser acompanhada de queimação e dores no estômago; gastrite, que pode ser causado pela acidez no estômago; doenças no diafragma que ferem o nervo frênico; problemas neurológicos que afetam o sistema nervoso central; além de fatores emocionais, como estresse, depressão e outros transtornos.

Na tarde de hoje, o Palácio do Planalto informou que o soluço de Bolsonaro foi causado por uma obstrução intestinal. O presidente vai passar por exames em São Paulo para avaliar a necessidade de uma possível cirurgia.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!