Depois de uma aparente partida falsa na manhã de quarta-feira (14), a SpaceX distribuiu, nesta quinta-feira (15), um segundo alerta de segurança entre os residentes de Boca Chica, no sul do estado do Texas, EUA, em antecipação ao primeiro disparo estático de um foguete Super Heavy.

Delineada por fechamentos das rodovias públicas e de praias adjacentes ao local, a janela de hoje se estende das 12h às 20h ou 22h do horário local (sendo das 14h às 22h ou 00h, pelo horário de Brasília), dando à SpaceX de oito a dez horas para colocar o primeiro protótipo funcional de um Super Heavy, apelidado de B3 (Booster 3), em um de seus testes mais desafiadores até então.

publicidade

SpaceX pode realizar WDR e disparo estático do Super Heavy no mesmo dia

Na última segunda-feira (12), o Super Heavy B3 sobreviveu ao seu primeiro teste criogênico, resistindo às tensões térmicas e mecânicas criadas quando foi preenchido com algumas centenas de toneladas de nitrogênio líquido abaixo de zero. 

No entanto, o Booster 3 ainda não realizou nenhum tipo de teste envolvendo combustível, uma mistura de oxigênio líquido e metano necessários para alimentar os motores Raptor.

Leia mais:

Segundo o site Teslaratti, ao que tudo indica, a SpaceX pretende transformar o primeiro ‘ensaio geral molhado’ do Super Heavy (WDR – como uma ‘prova criogênica’ com propelente real) e o disparo estático em um dia agitado de testes. 

Esse WDR combinado com o disparo estático provavelmente será a primeira vez que um veículo de lançamento tão grande como o Super Heavy tenta pressurizar seus tanques de forma autógena, referindo-se ao processo de usar o próprio combustível e oxidante de um foguete para gerar gás para expansão. 

Em outras palavras, mesmo um teste de ensaio geral sem ignição feito com pressurização autógena seria um grande sucesso e um obstáculo superado para o Super Heavy. Se a SpaceX conseguir realizar o primeiro WDR e o disparo estático no mesmo dia, isso indicaria que a empresa tem extrema confiança no foguete.

Na noite de sábado (10), a SpaceX levou o motor Raptor 57 (R57) do local de construção para a plataforma de lançamento e começou sua instalação no Super Heavy B3, iniciando o procedimento de preparação para os testes de prova criogênica e de disparo estático. Na terça (13), a empresa instalou outros dois motores — provavelmente em uma configuração triangular ímpar no disco de impulso central do propulsor.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!