Um levantamento realizado pela Revelo, plataforma especializada em recrutamento, aponta que o nível de profissionais contratados para o tecnologia já alcança os níveis pré-pandemia – o que mostra um reaquecimento do mercado de TI.

Segundo a empresa, as contratações nos primeiros meses deste ano somam 95,6% do total registrado em 2019.

publicidade

Para a empresa, esse é um sinal claro de que este é o melhor momento para investir em qualificação e capacitação de profissionais, especialmente no mercado de TI, onde a escassez de pessoas com habilidades técnicas é cada vez maior.

Imagem mostra um computador em cima de uma mesa; no monitor aparecem códigos de programação e, à frente, há uma pessoa apontando para a tela com uma caneta
Dentre os principais especialistas contratados estão programadores e desenvolvedores.
Crédito: Shuttertstock

“Embora disponha de muitas vagas, a área de tecnologia ainda sofre com a falta de pessoas qualificadas”, afirma Juliana Carneiro, head de marketing e experiência do candidato da Revelo.

Para a especialista, as empresas que demandam profissionais de alta performance tem condições de investir na carreira dessas pessoas e ajudar a diminuir este gap. “As empresas podem investir em seus colaboradores a fim de fomentar o crescimento do setor”, completa.

Ainda de acordo com dados do levantamento, há algumas áreas profissionais que mais cresceram no período, sendo elas: programação, desenvolvimento, engenharia de dados e design de UX (do inglês user experience, ou experiência do usuário, em tradução).

Veja também!

A média salarial do setor também foi outro ponto analisado pela empresa. O aumento, nesse sentido, foi de 20% a 30% na comparação entre 2020 e 2019.

A Revelo afirma que a formação em ensino superior do profissional está diretamente ligada a melhores salários. Além disso, quem possui certificação na área pode ganhar até três vezes mais do que os profissinais não certificados.