Depois de levar mais de um mês para descobrir a raiz dos problemas apresentados pelo telescópio espacial Hubble, a Nasa identificou que a causa estava na Unidade de Controle de Energia.

A peça garante que cada componente do hardware receba um suprimento constante de energia. Ainda bem que existe um sistema de backup, que foi ativado nesta quinta-feira.

publicidade

Só que ainda vai levar alguns dias para se saber se o procedimento deu resultado, já que outras peças de hardware a bordo do Hubble também foram trocadas para as interfaces alternativas.

Agora, a equipe monitora o sistema para garantir que tudo esteja funcionando corretamente. Também começa agora o processo de recuperação dos instrumentos científicos fora da configuração de modo de segurança.

Toda essa atividade leva um tempo considerável, já que a equipe executa várias tarefas e garante que os instrumentos estejam em temperaturas estáveis. Finalmente, os cientistas vão poder realizar algumas calibrações iniciais dos instrumentos antes de retomar as operações científicas normais.

A gente fica de olho e conta tudo para vocês logo que esse precioso instrumento da exploração espacial esteja de volta à ativa!

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!