Internet e Redes Sociais

Olimpíadas: Rayssa Leal ganha milhões de seguidores após medalha de prata no skate

26/07/21 12h14, atualizada em 26/07/21 15h30
Rayssa Leal com a medalha de prata no skate street feminino nas Olimpíadas de Tóquio

Rayssa Leal com a medalha de prata no skate street feminino nas Olimpíadas de Tóquio. Créditos: Wander Roberto/COB

A brasileira Rayssa Leal, de apenas 13 anos, ganhou mais de 2 milhões de seguidores no Instagram nas últimas 24 horas impulsionada pela medalha de prata conquistada no skate street feminino nas Olimpíadas de Tóquio na madrugada desta segunda-feira (26).

“O que é isso, minha gente? Não sabia, não. Eu quero ter um tempinho pra olhar [redes sociais], falar com meus pais. Eles alugaram uma chácara pra poderem me assistir andando. Eu quero muito ver. Desde o começo, quando eu comecei nas redes sociais, sempre foi meu sonho ter meu primeiro milhão. Ontem, eu ganhei o primeiro milhão, e hoje eu já tenho dois?”, disse a skatista conhecida como “Fadinha“.

Leia mais:

Momiji Nishiya, japonesa também de 13 anos, ganhou a medalha de ouro ao ficar com 15,26 pontos no Ariake Urban Spots Park. Rayssa terminou na segunda colocação com 14,64 e a japonesa Funa Nakayama (14,49) completou o pódio na modalidade que estreou nos Jogos Olímpicos.

“É saber que todas as meninas que já me mandaram mensagens no Instagram, falando que começaram a andar de skate, ou que os pais deixaram andar de skate por causa de um vídeo meu. Eu fico muito feliz, porque foi a mesma coisa comigo. Eu tinha mostrado um vídeo da Letícia (Bufoni) andando de skate, daí meu pai viu e ficou ‘ah, beleza’. O Matheus, um amigo meu, já apareceu com o skate, e aí eu falei ‘agora é minha chance'”, completou a medalhista mais nova da história do Brasil nas Olimpíadas.

O americano Tony Hawk, lenda do skate, compartilhou no Twitter em 2015 o vídeo que viralizou com a brasileira vestida de fada e fazendo manobras no skate.

“É saber que minha história e a história de muitas outras skatistas que quebraram esse preconceito e essa barreira de que skate era coisa de menino. Saber que a gente está aqui. Hoje eu posso segurar uma medalha olímpica. Isso é muito importante pra mim”, finalizou Rayssa Leal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags