No começo desta semana, a Amazon negou rumores de que vai passar a aceitar pagamentos em bitcoins. A afirmação ganhou força na semana passada, com a publicação de uma reportagem anunciado o suposto plano da empresa.

Só que uma agência de notícias descobriu que a suspeita foi motivada pelo anúncio de uma vaga de “Lead de produto de moeda digital e blockchain”, que envolvia ajudar a equipe de pagamentos da Amazon a “desenvolver novos recursos” para moedas digitais.

publicidade

Depois dos rumores se espalharem pelo mercado, um porta voz da empresa afirmou que mesmo tendo interesse nesse espaço, as especulações que surgiram em torno de planos específicos para criptomoedas não são verdadeiras. Mas fez uma ressalva: “continuamos focados em explorar como isso poderia ser para clientes que compram na Amazon”.

Verdadeira ou não, a notícia com a possibilidade da empresa passar a aceitar pagamentos em bitcoins causou alvoroço no mercado de criptomoedas. Nas últimas 48 horas, as criptomoedas bitcoin, ethereum e dogecoin registraram alta de até 11%.

Mas o principal causador da montanha russa na cotação das moedas virtuais continua sendo o bilionário Elon Musk. Depois de cancelar esse tipo de pagamento para os carros da Tesla, ele agora diz que pode voltar atrás assim que perceber uma diminuição no impacto ambiental causado pela mineração das moedas.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!